Conceito » Economia » Margem de Erro

Margem de Erro - Conceito, o que é, Significado

Muitos conceitos apresentam dupla dimensão: uma coloquial e uma técnica. Isto é o que acontece com o rótulo “margem de erro”.

Em seu sentido cotidiano

Quando uma pessoa diz que “não tem margem de erro” em relação a um projeto, significa que não pode cometer nenhum equívoco por qualquer motivo. Pelo contrário, costuma-se dizer que “há uma pequena margem de erro” quando um possível equívoco não traz consequências graves. Deve-se levar em conta que o significado de margem depende do contexto da linguagem utilizada.

Na estatística

A estatística é uma ferramenta matemática que permite estabelecer medições sobre qualquer tipo de área. Através dela é possível conhecer dados específicos sobre diferentes aspectos da natureza, tais como dados demográficos, tendências de voto, doenças, entre outros. Um dado importante para os estudos estatísticos é estabelecer um limite ou margem de erro de uma amostra.

A margem de erro representa, em poucas palavras, o maior erro possível em relação a certos dados numéricos.

Neste sentido, existem dois tipos de margens de erro: uma absoluta e outra relativa. A primeira se refere à medição precisa de algo. Desta maneira, se um objeto mede 15 cm e ao medir novamente percebemos um erro, que na verdade mede 14,9 cm, a margem de erro absoluta é de 0,1 cm (isto significa a subtração entre a medida real do objeto e a medida realizada do mesmo).

O erro relativo é determinado da seguinte maneira: o valor absoluto dividido pelo valor real. Continuando com o exemplo acima, o valor absoluto é 0,1 cm e o valor real é de 15 cm, desta maneira o erro relativo será o seguinte: 0,1: 15 que é igual a 0.00666 cm.

A margem de erro estatística nas pesquisas sociais

Este tipo de cálculo é muito utilizado na elaboração de pesquisas, das medem as opiniões dos cidadãos sobre algum aspecto da realidade, por exemplo, sua avaliação sobre um candidato ou sobre uma proposta política. Embora a estatística seja uma ferramenta neutra e objetiva, na prática, as informações fornecidas nem sempre correspondem à realidade dos fatos.

Desta maneira, cabe a seguinte pergunta: por que as estatísticas sociais mostram tantos erros? Esta pergunta tem duas respostas possíveis:

1) Algumas estatísticas foram "cozinhadas" para que seus resultados finais não expressem aquilo que na verdade se pretende medir;

2) As pessoas pesquisadas nem sempre dizem a verdade, uma vez que suas respostas nem sempre permitem conhecer a realidade de um assunto.

Imagem: Fotolia. kantver

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: