Jornalismo - Conceito, o que é, Significado

JornalismoO jornalismo é uma atividade cujo principal objetivo é dar informação ao povo. O jornalista é aquele que exerce essa profissão através de diversos meios de comunicação: imprensa, rádio e televisão.

O jornalismo cumpre um papel social importante, pois seu propósito é informar de maneira objetiva o cidadão. Nesse sentido, costuma-se dizer que é o “quarto poder” porque sua capacidade de influenciar a sociedade é realmente significativa.

Um aspecto relevante é a independência dos meios de comunicação, já que os mesmos devem manter sua autonomia informativa em relação a qualquer área de poder.

Para exercer sua profissão com eficiência, o jornalista se especializa em alguma área específica. Há uma grande diversidade de foco: esportivo, político, crônica social, informação internacional, economia, cultura, etc. Essas diferenças expressam claramente as mais variadas seções de um jornal.

O jornalismo apresenta algumas características gerais. A informação transmitida se refere normalmente à atualidade mais imediata. É utilizada uma abordagem objetiva e rigorosa (uma notícia jornalística tem sempre que responder o que, como, quando, onde e por que aconteceu algo). As fontes informativas devem ser verídicas e comprovadas pelos profissionais dos meios de comunicação antes de serem postadas ou expostas. Uma notícia não pode ser baseada em rumores ou em uma simples opinião.

Uma das variantes com mais impacto social e que ultimamente está em moda é o jornalismo investigativo.

Os jornalistas que trabalham em diferentes meios de comunicação estão sempre em competição de forma profissional, buscam o furo informativo e a notícia exclusiva. Essa rivalidade faz parte da cultura jornalística.

O jornalismo é uma atividade que envolve certa polêmica. Há quem considere que sua função social é insubstituível e necessária porque uma sociedade que não está bem informada pode ser facilmente manipulada. Outras posturas dão ênfase a certas abordagens que não acrescentam em nada à profissão como as fofocas, o sensacionalismo, as posturas tendenciosas e a ausência de uma verdadeira independência.

O papel do jornalismo está mudando nos últimos anos, pois os formatos de comunicação tradicionais estão obrigados a adaptar-se às mudanças tecnológicas que surgem em todo momento.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: