Conceito » Saúde » Febre Tifoide

Febre Tifoide - Conceito, o que é, Significado

A febre tifoide é uma doença infecciosa causada por uma bactéria, a Salmonella typhi. Seu nome deriva da nomenclatura da bactéria.

Manifestações da febre tifoide

Como seu próprio nome indica, um dos principais sintomas que a acompanham é a febre. Os portadores desta doença desenvolvem febre alta, que pode atingir 40 ° C. Este é o primeiro sintoma e pode iniciar até 3 semanas após a aquisição da infecção.

A febre vem acompanhada de outros sintomas como dor de cabeça e dor abdominal tipo cólico. Existem também alterações nas evacuações como o aparecimento de fezes moles ou líquidas, decadência, mal-estar, dores musculares, tosse seca e erupção cutânea.

Todas estas manifestações podem ser confundidas com uma infecção do tipo viral. Um dos sintomas que podem nos fazer suspeitar da presença da febre tifoide é a distensão do abdômen, que geralmente inflama e aumenta de tamanho.

Outra doença muito parecida em suas manifestações é o tifo, que também tem um nome semelhante. Esta última também produz febre alta, dores musculares e articulares, além de dor abdominal, erupção cutânea e diminuição da pressão arterial. O tifo é uma doença extremamente diferente, é produzida por outra bactéria, a Rickettsia typhi, adquirida pela picada de um carrapato.

Sua principal causa é a ingestão de alimentos contaminados

A salmonela é comumente encontrada nas fezes de animais, como nas aves. Pode ser adquirida através da ingestão de alimentos contaminados com estes excrementos, o que ocorre com frequência, já que são usados como fertilizantes contaminando os alimentos de origem vegetal.

Outra forma de adquirir a doença é o fato de manipular inadequadamente os alimentos durante seu preparo. Um exemplo disso é realizar procedimentos como picar o frango e depois cortar os vegetais que serão consumidos crus com a mesma faca sem lavá-lo, ou então na mesma superfície permitindo que os vegetais impregnem com os sucos da carne crua.

Também é possível que uma pessoa doente contamine as mãos ao realizar sua higiene depois de evacuar e contaminar os alimentos manuseando-os sem antes lavar as mãos.

Como pode ser diagnosticado?

Uma vez que haja suspeita da doença, é necessário realizar estudos de laboratório, principalmente exames de sangue e de fezes com coprocultura. Este procedimento permite identificar a salmonela e comprovar o diagnóstico.

A doença precisa de tratamento com antibióticos em todos os casos. Não fazê-lo pode ocasionar graves lesões, como a perfuração dos intestinos, podendo produzir uma hemorragia e levar à morte do indivíduo.

Uma doença que pode ser prevenida

A infecção por salmonela pode ser prevenida com a aplicação de vacinas, porém as mesmas não têm 100% de eficácia e a proteção conferida se perde com o tempo, o que precisa de uma revacinação.

A melhor forma de prevenir esta doença é através da adoção de medidas de higiene e da realização de uma correta manipulação dos alimentos.

É imprescindível lavar bem qualquer alimento antes de ser consumido, alem de não ingerir alimentos crus ou sucos de frutas naturais vendidos na rua, assim como ferver a água que será usada para consumo.

Estas medidas devem ser extremas especialmente nas regiões geográficas onde há casos desta doença de forma habitual, o que é comum nas áreas rurais, nas fazendas, nos lugares de criação de aves ou quando viajam para países subdesenvolvidos em zonas tropicais.

Imagens Fotolia: Artemida-psy, T

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: