Febrícula - Conceito, o que é, Significado

A temperatura corporal saudável e normal dos seres humanos é aproximadamente de 36 graus. Quando há um acréscimo desta temperatura ocorre um sintoma conhecido como febre. Quando a febre atinge 38 graus é chamada de febrícula, já a partir deste indicador a febre é considerada num sentido mais estrito.

Os níveis de temperatura estão regulados pelo hipotálamo, um “termostato” situado entre os dois hemisférios cerebrais, responsável pela manutenção dos processos vitais em equilíbrio.

A febre é uma defesa do organismo

Quando há febre significa que o organismo reage de forma adequada, pois se trata de um mecanismo de defesa. Se o organismo não reage a certos graus de temperatura diante de uma infecção ou inflamação significa que o indivíduo está imunocomprometido, o que quer dizer que o corpo não dá sinais de aviso sobre o processo infeccioso ou de inflamação.

Sintomatologia e regras a seguir

Os sintomas da febrícula ou da febre em si são bem conhecidos: sensação de calafrio, dores musculares, articulares e de cabeça. Estas reações físicas são mais preocupantes se a temperatura corporal supera os 38 graus.

Obviamente, a febre deve ser tratada clinicamente, pois se for superior aos 42 graus pode ter consequências muito negativas (por exemplo, desidratação e até mesmo danos cerebrais). Como orientação geral, os médicos recomendam beber bastante líquido para evitar a desidratação, descansar, usar roupas leves e transpiráveis, colocar toalhas frias sobre o corpo e tomar a medicação prescrita pelo médico. Outras alternativas ou remédios caseiros podem ser úteis, mas é preferível seguir as orientações da medicina convencional.

A febre nas crianças

Quando a febre atinge as crianças esta circunstância provoca uma preocupação compreensível nos pais e uma iminente visita ao pediatra. Na maioria dos casos a febre infantil se deve a duas causas possíveis: uma desidratação ou um processo infeccioso.

Quando se trata de uma febrícula não é necessário ir a um médico de emergência. Os médicos recomendam comparecer aos prontos-socorros quando a temperatura atingir 38 graus, um indicador que normalmente está associado a uma série de sintomas mais preocupantes, como a falta de ar, vômitos, enjoos e até mesmo convulsões.

Imagem: Fotolia. volkovslava

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: