Conceito » Direito » Exploração Laboral

Exploração Laboral - Conceito, o que é, Significado

Toda atividade de trabalho (laboral) estabelece um acordo entre empresário e trabalhador. Neste acordo, o empresário propõe certas condições salariais, um horário e funções a realizar, no entanto, o trabalhador recebe um salário. Se este vínculo é estabelecido dentro do quadro da legalidade e do respeito, trata-se de uma atividade digna, mas se as condições são abusivas e fora da lei, estamos diante de uma exploração laboral.

O conceito exploração laboral apresenta várias características, geralmente manifestadas de forma conjunta. Por um lado, a jornada de trabalho ultrapassa as determinadas 8 horas diárias e não são respeitados os períodos de descanso. O salário é muito inferior ao estabelecido pelos órgãos em vigor. Por outro lado, o trabalho é realizado em condições precárias (sem a segurança necessária e sem as condições técnicas suficientes).

Causas da exploração laboral

Existem várias causas que provocam este fenômeno. Alguns empresários sem escrúpulos buscam o enriquecimento fácil à custa dos trabalhadores. As crises econômicas são um artifício propício para a exploração. A ausência de sindicatos em alguns países é uma das circunstâncias que favorecem o abuso no mundo do trabalho.

As inúmeras faces do fenômeno

Ao contrário do que poderia parecer à primeira vista, a exploração laboral não é uma realidade minoritária e marginal. Na verdade, grandes instituições multinacionais criam seus produtos a partir de uma estrutura organizacional na qual os trabalhadores, incluindo menores, recebem salários precários e trabalham em péssimas condições. Neste sentido, alguns analistas afirmam que certos trabalhos de grandes corporações são realizados em condições de semiescravidão.

A exploração laboral pode ter relação, por sua vez, com as máfias que se dedicam ao tráfico de pessoas, à prostituição e à desigualdade entre homens e mulheres.

Como combater a exploração?

Embora não exista uma solução definitiva para resolver este problema, existem meios para combatê-lo. Os meios de comunicação podem ter consciência desta realidade e relatar os abusos à opinião pública. Os consumidores têm a opção de não comprar produtos relacionados ao abuso de trabalho. Os governos têm ferramentas para perseguir este flagelo, especialmente as inspeções de trabalho.

Os trabalhadores podem organizar-se para lutar contra esta forma de opressão (a greve é a ferramenta tradicional que tem sido usada ao longo da história). Apesar de existirem formas de combater a exploração do trabalho, os exploradores também têm suas estratégias para continuar com os abusos.

Imagem: Fotolia. Rogatnev

Relacionados:

  1. Trabalho
  2. Legislação Trabalhista
  3. Salário
  4. Desigualdade Salarial
  5. Salário Bruto
  6. Boreout
  7. Rescisão
  8. Posto de Trabalho
  9. Contribuição
  10. Lockout Patronal