Conceito » Religião » Religiosidade

Religiosidade - Conceito, o que é, Significado

O termo religião se refere às crenças religiosas e suas manifestações. Em outras palavras, este conceito se refere ao fenômeno religioso como um todo.

Distinção entre espiritualidade e religiosidade

Embora ambos os termos sejam empregados normalmente como sinônimos, tratam-se de idéias diferentes. A espiritualidade tem relação com os ideais e valores das pessoas.

Costuma-se dizer que alguém é espiritual realiza uma busca pessoal sobre o significado de sua existência ou então quando sente a necessidade de satisfazer sua alma através da introspecção. Pelo contrário, a religiosidade está vinculada aos ritos e celebrações próprias de uma religião determinada. Desta maneira, aquele que professa uma religião recorre a um caminho espiritual, mas nem tudo o que é espiritual pertence a uma religião.

A origem da religiosidade

Grande parte da humanidade pratica alguma religião. Apesar das diferenças entre cada um delas, existem alguns elementos compartilhados: a cosmovisão do mundo, a proposta de valores que servem como guia, o sentido de transcendência, de sobrenatural e a ideia de fé. Consequentemente, pode-se falar de um núcleo comum em todas as religiões. Portanto, a ideia de religiosidade não deve estar relacionada necessariamente com uma doutrina religiosa em particular.

O fato de que nós humanos somos, na maioria das vezes, religiosos nos obriga a perguntar sobre a questão da origem do fenômeno religioso. Sobre este assunto há várias respostas possíveis. Para alguns a origem da religiosidade se encontra no medo do homem provocado pela incerteza em torno de sua existência. A partir deste medo se ativa a necessidade de acreditar em algum Ser superior da natureza que se torna uma divindade, como o Sol, o Fogo, a Terra e o Céu. Este esquema mental levou ao politeísmo em várias civilizações. A partir de outra perspectiva, algumas pessoas acreditam que a natureza em seu conjunto exerce um poder sobre o ser humano e esta visão é conhecida pelo termo animismo.

O sentimento religioso evoluiu ao longo do tempo e neste processo alguns povos deram início a crenças com base em um único Deus, ou seja, uma visão monoteísta da religião (judaísmo, cristianismo e islamismo são as três principais religiões monoteístas).

Para os marxistas, o fenômeno religioso traz ao ser humano uma tranquilidade espiritual e neste sentido Marx afirmou que a religião era o ópio do povo.

A realidade religiosa do ponto de vista da filosofia

O fenômeno religioso pode ser analisado através da abordagem de uma doutrina religiosa concreta ou de uma perspectiva filosófica. Neste último caso, a religiosidade apresenta as seguintes características:

1) há uma força que se encontra fora do ser humano;

2) a crença desta força gera algum tipo de sentimento no homem;

3) a razão não pode explicar a vivência religiosa em sua totalidade e exige o apoio da fé;

4) as convicções religiosas determinam a conduta dos seres humanos.

Imagem: Fotolia. areebarbar

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: