Conceito » Aprender » Pluralidade

Pluralidade - Conceito, o que é, Significado

PluralidadeQuando há mais de um objeto, produto ou pessoa significa que existe uma pluralidade, portanto, é um conceito quantitativo. Normalmente é aplicado em circunstâncias que coexistem vários objetos, ideias ou pessoas.

Quando uma pessoa se vê obrigada em escolher entre várias opções, a mesma se encontra diante de uma pluralidade e escolhe uma ou outra opção em função de seus interesses pessoais. Neste sentido, a pluralidade é algo positivo porque implica a possibilidade de tomar partido de algo pesando as vantagens e desvantagens de cada escolha. Nem sempre o plural ou o diverso tem um sentido favorável, em alguns casos, pode ser mais conveniente que haja uma união entre as posturas diferentes, por exemplo, quando um grupo de pessoas adota uma decisão que é a síntese de outras opiniões.

O sistema democrático se fundamenta em uma série de princípios e um deles é a pluralidade. O cidadão pode votar no grupo político que melhor lhe convenha. Ao mesmo tempo, a democracia está baseada na aceitação de ideias alheias desde que estejam dentro das leis. Neste sentido, a pluralidade democrática é sinônimo de liberdade. Em geral, é considerada como um valor democrático que serve para respeitar todas as ideias.

O contrário da pluralidade é a individualidade, a uniformidade e a singularidade. Avaliar estes conceitos, como bom ou mau, apenas tem sentido em função do contexto que se utilizem essas ideias. Há situações onde a diversidade é algo inerente, por exemplo, vamos pensar em um grupo de amigos que tem que decidir algo e logicamente todas as opiniões são válidas. Ao contrário, às vezes, a pluralidade é ineficiente e inclusive desfavorável, por exemplo, vamos imaginar um grupo de soldados que tenta entrar em acordo no meio de uma batalha.

A atividade econômica e comercial também se organiza e regulariza segundo um critério de pluralidade. De fato, a concorrência entre as empresas é um dos mecanismos básicos do sistema capitalista. Empresas e consumidores se relacionam e interagem partindo da aceitação da pluralidade.

Há propostas econômicas, religiosas e políticas que se baseiam em uma proposta concreta: em um Deus, um partido único ou em um mesmo salário. Os partidários deste tipo de crença estão convencidos da bondade do único.

É possível afirmar que vivemos em um mundo de pluralidade em todos os sentidos. A diversidade está presente na economia, na política e em sua própria vida.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: