Conceito » Psicologia » Orgulho

Orgulho - Conceito, o que é, Significado

O orgulho é, sem dúvida, um dos conceitos mais familiares com as quais as pessoas se deparam em suas vidas, pois serve para denominar certa característica da personalidade de uma pessoa, sendo este o sentido negativo atribuído à palavra. Por outro lado, existe outro uso associado ao lado positivo e contrário ao anterior.

Vaidade e excesso de autoestima

O orgulho se refere à autoestima, vaidade, excesso de estima própria e que geralmente vem acompanhada por uma grande parcela de arrogância apresentada pela pessoa em sua maneira de ser. Neste sentido, o termo é geralmente utilizado quando se refere a uma característica da personalidade ou forma de ser de alguém.

Quando uma pessoa acredita que está sempre certa, mas na verdade não tem certeza sobre determinada questão ou assunto, nunca irá reconhecer ou admitir precisamente a causa do seu orgulho. Uma pessoa que age neste sentido é chamada popularmente de orgulhosa. “Laura é tão orgulhosa que nunca reconhece que está errada; foi ela quem nos deu o endereço errado”.

Geralmente o sentido do termo orgulho está relacionado à palavra soberba, utilizada no caso como sinônimo de orgulho. Pois quando há orgulho existe soberba também: acreditar que sempre está certo, que é superior e melhor do que os demais, mesmo que claramente não seja.

É comum comentarmos de pessoas que são orgulhosas e têm esta característica marcante em sua personalidade não serem queridas em seu entorno, ainda mais quando menosprezam os outros. É certamente difícil de conviver com pessoas assim.

Neste sentido, o orgulho deve ser considerado e tratado se possível, pois como já dissemos isso pode trazer muitos problemas de relacionamento com colegas ou outros.

Satisfação pessoal por conseguir uma conquista

Por outro lado, o termo orgulho é geralmente empregado para demonstrar a satisfação pessoal experimentada em alcançar determinada realização ou conquista, por exemplo, o sucesso de um ser querido considerado valioso porque desejava ou esperava por muito tempo determinada conquista, assim como pelas circunstâncias que lhe foram dadas, pelo valor atribuído que ostentava. Isso faz a pessoa sentir-se plenamente satisfeita.

Avaliações positivas e negativas

O significado positivo ou negativo do conceito é determinado pela perspectiva da filosófica que se leva em consideração. Num sentido geral, o orgulho se refere geralmente à avaliação do Eu sobre os desejos e realizações dos outros.

Uma das várias avaliações negativas do termo é vista pelo cristianismo através do orgulho de uma pessoa vaidosa e arrogante que costumava deixar Deus de lado. Ainda mais, para aprofundar e confirmar esta concepção absolutamente negativa que a Doutrina Católica imprime ao conceito é importante destacar que para a Igreja Católica, o orgulho (a soberba) é um dos sete pecados capitais que afetam os seres humanos de forma negativa em sua relação clara com Deus e com seus irmãos de fé. Como se pode ver, a religião católica questiona e tem uma visão crítica em relação ao orgulho a ponto de ser considerado um pecado capital, um grande vício, da qual o verdadeiro cristão deve estar em harmonia com a moral cristã.

Por outro lado, a conotação positiva que se dá ao termo é encontrada em sua origem latina, na qual um ato de orgulho é sinônimo de uma ótima consequência. Neste sentido o orgulho pode ser visto e entendido como a autoestima de um homem que tem a ambição moral de viver em conformidade com os valores pessoais racionais.

Portanto, pelo fato do termo ter conotações tão diferentes em nossa língua é importante utilizá-lo de maneira correta para evitar graves erros que desatem problemas e mal-entendidos. Por exemplo, ao dizer "Que orgulho sinto do meu filho!" significa que estou muito satisfeito com ele; enquanto ao dizer “Que orgulho tem meu filho! se refere à soberba que ele ostenta.

Imagem: Fotolia. xixinxing

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: