Conceito » Aprender » Guarda-chuva

Guarda-chuva - Conceito, o que é, Significado

O guarda-chuva é um objeto que serve para nos proteger da chuva. Este utensílio de uso cotidiano apresenta a seguinte estrutura:

1) uma superfície convexa que pode ser feita de tecido ou de outro material;

2) esta superfície nos permite cobrir da chuva e está sujeita a uma armação com varetas dobráveis;

3) as varetas estão dispostas em um eixo central alongado e terminam em um cabo que serve para transportá-lo na mão.

Um objeto com mais de três mil anos de história

O guarda-chuva foi inventado na China por volta do século XI a. C. Com o passar do tempo os antigos egípcios e gregos começaram a utilizá-lo, não para abrigar-se da chuva, mas sim para proteger-se do sol. Os egípcios que pertenciam à corte do faraó usavam em alguns rituais, no caso dos gregos se tratava de um utensílio usado apenas pelas mulheres.

Os romanos chamavam o guarda-chuva de umbráculum, do qual era usado apenas como proteção solar. Durante a Idade Média seu uso cotidiano praticamente desapareceu. A partir do século XV os franceses da nobreza começaram a exibi-los como sinal de distinção e elegância. Foram os ingleses que finalmente utilizaram o guarda-chuva para proteger-se da chuva, sua verdadeira e principal função. Na estética tradicional do gentleman inglês, o guarda-chuva se tornou um símbolo de classe e distinção.

A Revolução dos guarda-chuvas

No ano de 2014, os moradores de Hong Kong expressaram seu desagrado contra o governo chinês. Os hongkoneses têm certa autonomia política por terem feito parte do Império britânico durante mais de 100 anos. Apesar disso, o governo chinês se opunha a certas reivindicações sociais lideradas pelos estudantes, que protestavam usando guarda-chuvas coloridos em suas manifestações. Este fenômeno foi registrado pela imprensa como "a Revolução dos guarda-chuvas".

O que é o efeito guarda-chuva?

Em inglês, utiliza-se com frequência a expressão "umbrella effect" ou “efeito guarda-chuva”. Com isso uma ideia evidente se torna expressa: certas estratégias servem como autoproteção. Assim, um país que faz parte da União Europeia não está isolado, pois é protegido pelo efeito guarda-chuva da União Europeia.

Esta palavra também é usada na biologia, uma vez que a proteção de algumas espécies implica, por sua vez, na proteção de um ecossistema mais amplo (por exemplo, o tigre da Índia é um animal protegido pelas autoridades e esta circunstância faz com seu habitat seja igualmente protegido pelo efeito guarda-chuva que proporciona o tigre).

Imagem: Fotolia. JenkoAtaman

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: