Conceito » Cultura » Grande Pirâmide de Gizé

Grande Pirâmide de Gizé - Conceito, o que é, Significado

Esta construção lendária do Egito Antigo é também conhecida como Pirâmide de Quéops. Foi ordenada a ser construída pelo faraó da quarta dinastia para que seu corpo mumificado repousasse após a morte. A Grande Pirâmide de Gizé faz parte das Sete Maravilhas do Mundo Antigo e é a única preservada na atualidade.

Ao contrário do que se afirma muitas vezes, esta construção não foi executada por escravos. Embora haja certa controvérsia sobre as técnicas empregadas, seguramente foram utilizadas grandes alavancas para elevar as pedras ao próximo nível.

Curiosidades que chamam a atenção

- A primeira referência histórica sobre a pirâmide é o testemunho do historiador grego Heródoto (este fato é chamativo, já que Heródoto viveu dois mil anos após a construção da Grande Pirâmide de Gizé).

- Dois milhões e meio de blocos de pedra foram utilizados em sua construção, sendo que algumas delas pesavam trinta mil quilos.

- Sua aparência tem mudado com o passar do tempo, já que na antiguidade estava revestida de calcário e desta maneira produzia um impactante efeito espelhado.

- Em seu interior a temperatura é constante, mais especificamente 22 graus centigrados.

- Em pesquisas recentes foi descoberto que nas câmaras internas há uma grande concentração de energia eletromagnética.

- O romano Plínio, o Velho, do século I d. C, referiu-se às pirâmides de maneira depreciativa, dando a entender que se tratava de construções inúteis e que os faraós que mandaram construí-las eram simples governantes vaidosos.

- Segundo uma história de Plutarco, quando o matemático e filósofo grego Tales de Mileto observou a Grande Pirâmide queria saber qual seria sua altura exata. Esta preocupação inicial foi a origem do primeiro teorema de Tales.

- Durante quase 4000 anos, foi a construção mais alta do mundo e este recorde foi superado após a construção do capitel de madeira da Catedral de Lincoln, na Inglaterra.

Interrogações

Segundo a versão oficial, a Grande Pirâmide de Gizé foi construída como um grande túmulo faraônico. No entanto, não foram encontrados restos mortais ou alguma pista definitiva para confirmar esta tese.

A partir desta dúvida inicial, começaram as perguntas: com que finalidade foi construída? Que técnicas foram empregadas? É absurdo pensar que outras civilizações estiveram relacionadas à sua construção? Poderia ter relação as três câmaras de seu interior com o coração, o cérebro e os órgãos sexuais? A energia eletromagnética de seu interior poderia ter relação com a energia do universo?

Imagens Fotolia: Daniel Meunier, David

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: