Genocídio - Conceito, o que é, Significado

GenocidioO genocídio pode ser definido como uma matança organizada de um grupo de pessoas com o fim de eliminar qualquer rastro de sua existência como comunidade. Pelo fato de exigir uma abordagem criteriosa e de uma organização complexa, muitas vezes, o genocídio é identificado como um crime de estado.

Os genocídios costumam ser realizados por motivos raciais, étnicos, religiosos ou simplesmente pela posse de uma nação. Independente de qual seja a causa, os genocídios são realizados por uma minoria poderosa frente a um grupo de características e/ou culturas diferentes.

Ao longo da história, pode-se dizer que houve um bom número de mortes organizadas contra determinados grupos, definindo assim a ideia de genocídio. Embora o mais conhecido popularmente tenha sido o genocídio aplicado pela Alemanha nazista contra os judeus, outros de menor repercussão, aconteceram em diversos pontos da geográfica mundial e em diferentes momentos históricos. O genocídio cambojano de 1975 a 1979 e o genocídio armênio que aconteceu no Império Otomano entre 1915 e 1923 são dois exemplos ilustrativos de diferentes épocas.

Em termos jurídicos, vale ressaltar que os crimes genocidas têm um tratamento diferenciado em relação aos homicídios comuns. São considerados crimes contra a humanidade e que não prescrevem, além de não poder ser considerados delitos políticos.

Origem da palavra

A palavra genocídio é uma invenção do advogado judeu Rafael Lemkin em 1944. Lemkin buscava criar uma série de leis que perseguissem as práticas que os nazistas usavam contra os judeus e definia o conceito da seguinte maneira: uma série de ações coordenadas e organizadas em diferentes níveis que perseguissem a erradicação de certos fundamentos essenciais para entender a vida de diversos grupos nacionais cujo objetivo final é o extermínio de certos grupos.

O julgamento de Nuremberg, que aconteceu no final da 2ª Guerra Mundial, sentenciou os cabeças do nazismo por seus crimes de guerra, ainda mais, citou a palavra genocídio entre as diversas acusações.

Etimologicamente o termo genocídio tem sua origem no grego “genos” (que pode ser traduzido como raça ou nação) e também na raiz latina “-cida” que significa matar.

Imagem: iStock. lechatnoir

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: