Conceito » História » Mossad

Mossad - Conceito, o que é, Significado

Uma parte dos serviços de inteligência de Israel é formada pela agência de Mosad ou Mossad. Este órgão foi fundado em 1949, um ano depois do nascimento da nação de Israel.

Como qualquer outro serviço de inteligência, o Mossad trata de uma ação de espionagem e contraespionagem para proteger os interesses de Israel dentro e fora de suas fronteiras. No campo dos serviços de inteligência o Mossad é considerado uma instituição, tanto pela preparação de seus agentes como pela sua eficácia. O treinamento de agentes é realizado durante três anos em uma academia chamada Midrasha, situada na cidade de Herzliya. Os oficiais de maior escalão do Mossad são conhecidos como katsas.

O Mossad e o caso Eichmann

Quando o Estado de Israel alcançou sua independência, os serviços secretos começaram a "caçar" líderes nazistas que permaneciam escondidos sob uma falsa identidade. O objetivo destas operações era capturar os responsáveis nazistas para levá-los a julgamento como criminosos de guerra. Um dos nazistas que estava na mira do Mossad era Adolf Eichmann, um tenente-coronel da SS alemã que estava envolvido no extermínio dos judeus. O mesmo estava em Buenos Aires, na Argentina, fazendo-se passar por um imigrante.

Apesar disso, em 1960, os agentes do Mossad o localizaram e sequestraram com o propósito de levá-lo à justiça de Israel e julgá-lo por seus crimes. Deve-se destacar que a localização de Eichmann foi possível graças à delação de um vizinho seu, que era um imigrante alemão de origem judaica e ainda mais cego.

Após a pista inicial, o Mossad capturou Eichman andando nas ruas de Buenos Aires e o levou para Israel

Durante o julgamento, o dirigente nazista se defendeu perante o tribunal alegando que não era culpado de nada, pois simplesmente obedecia a ordens de seus superiores. No entanto, os juízes do tribunal consideraram que havia provas conclusivas que acusavam Eichmann de genocídio e por esta razão foi condenado à morte por enforcamento.

A vingança contra os responsáveis do Massacre de Munich

Durante os Jogos Olímpicos de 1972 em Munique, onze atletas israelenses foram mortos por membros do grupo terrorista Setembro Negro, uma organização ligada à Organização para a Libertação da Palestina. O governo de Israel decidiu punir os responsáveis pelo massacre e o Mossad lançou uma operação internacional para matar cada um dos terroristas envolvidos.

Imagem: Fotolia. Al

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: