Conceito » Economia » Cyber Monday

Cyber Monday - Conceito, o que é, Significado

O consumo massivo é uma das características que mais define nossa civilização. Nas últimas décadas forma criadas novas estratégias de marketing para motivar os consumidores. Uma destas estratégias é, precisamente, o Cyber Monday, um termo que muitas vezes pode ser traduzido como “Segunda-feira Cibernética”.

O Cyber Monday ou Black Friday são exemplos de outras campanhas comerciais, tais como o Dia dos Pais, o Dia dos Namorados, entre outras.

O Cyber Monday é um complemento do Brack Friday

Nos Estados Unidos, depois do Dia de Ação de Graças ou Thanksgiving Day, ocorre uma jornada na qual os comércios tradicionais e os grandes estabelecimentos oferecem atrativos descontos na maioria dos seus produtos ou serviços. Esta jornada é conhecida comercialmente como Black Friday ou Sexta-feira Negra.

Depois dela, vem outro evento comercial, o Cyber Monday, assim chamado porque dá lugar à segunda-feira seguinte à Black Friday. Nos últimos anos, ambos os eventos se tornaram dias marcantes para o consumo em todo o planeta.

Tanto o Black Friday como o Cyber Monday tem o mesmo objetivo: que os consumidores tenham vontade de comprar após uma intensa campanha de marketing na qual os produtos são oferecidos com grandes descontos. No entanto, são duas estratégias diferentes. O Black Friday está pensado para iniciar o pontapé de saída das compras natalinas e dirigido para o comércio convencional em grandes lojas de departamento e pequenos estabelecimentos. Em compensação, o Cyber Monday ou Segunda-feira Cibernética está projetado para incentivar as compras on-line e porte este motivo que se utiliza o termo cyber.

O Cyber Monday e as compras on-line

Segundo alguns estudos, os comércios que vendem seus produtos on-line têm suas melhores vendas durante a jornada do Cyber Monday. É óbvio que isso seja assim, já que o Cyber Monday é uma extensão da Black Friday e, por outro lado, trata-se de uma proposta que faz parte de um fenômeno relativamente recente e que se encontra em plena expansão, a compra on-line.

Comprar um produto ou serviço através de um dispositivo eletrônico oferece muitas vantagens: preços baixos, economia em combustível, problemas de estacionamento e filas sejam evitados, ou seja, é um processo cômodo e possível para comparar produtos e preços.

Entretanto, nem tudo são vantagens. Na verdade, o produto não pode ser manipulado, o procedimento para as devoluções é normalmente chato para o usuário e os produtos adquiridos têm gastos de envio associados.

Imagem: Fotolia. mast3r

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: