Conceito » Saúde » Core: Músculos e Fortalecimento

Core: Músculos e Fortalecimento - Conceito, o que é, Significado

Em matéria de fítness e treinamento, o core é conhecido como o conjunto de músculos que formam a região lombo-pélvica e que corresponde ao núcleo ou centro do tronco.

Está integrado por 58 músculos distribuídos bilateralmente ao nível da parte inferior das costas, da pélvis, do quadril e da parede abdominal. Esta região forma o centro de gravidade do corpo.

Formação dos grupos musculares

Abdome. Integrado pelos retos, transversos e oblíquos do abdome. Estão localizados na parte anterior e lateral do tronco. Cumprem como função conter e proteger os órgãos, além de outras estruturas localizadas dentro da cavidade abdominal. Também intervêm no processo de respiração.

Região Lombar. Agrupa várias massas musculares que intervêm na adoção e manutenção da postura ereta, assim como nos movimentos de flexão, extensão, rotação e flexão lateral.

Pélvis e quadril. Esta região é particularmente importante para a deambulação, abrange a musculatura do piso pélvico, da região glútea e do psoas ilíaco inserido anteriormente no fêmur e posteriormente nas vértebras lombares, o que permite atuar como flexor do quadril.

Estas estruturas formam o chamado subsistema ativo, dotado da capacidade de movimento. No entanto, isso exige o apoio e o suporte de um subsistema passivo formado por ossos, ligamentos, cartilagens, discos intervertebrais e cápsula articular, o que lhe dá pontos de inserção aos diversos elementos do sistema ativo.

A estabilização do tronco é imprescindível para algumas práticas esportivas

No core, são iniciados os padrões de movimento, posteriormente transmitidos aos grupos musculares secundários, como aqueles localizados nos membros onde a distribuição adequada da força dos braços e das pernas vem acompanhada da necessidade de estabilizar a região para manter o equilíbrio durante a execução dos movimentos.

Um exemplo disso é a estabilização da parte média do corpo necessária durante as atividades que levam à torção, como ocorre ao executar um saque durante uma partida de tênis ou quando se chuta uma bola de futebol.

Benefícios de conseguir um maior controle motor do core

Além de permitir uma maior estabilidade e equilíbrio do tronco, o fortalecimento adequado dos diversos grupos musculares do abdômen, das costas, da pélvis e do quadril oferece uma grande quantidade de benefícios. Entre os quais podemos destacar:

- Previne o desenvolvimento de lesões devido a desequilíbrios biomecânicos.

- Contribui para uma recuperação mais rápida após o exercício, especialmente na prática de esportes como o ciclismo.

- Permite um melhor alinhamento dos membros inferiores, o que proporciona maior resistência frente ao desenvolvimento de lesões no joelho.

- Retarda o tempo de recuperação de vários tipos de lesões, especialmente de origem esportiva.

- Contribui para melhorar e inclusive eliminar a dor nas costas relacionada a lesões como a hérnia de disco.

- Permite um rendimento maior, pois diminui o trabalho que deve ser realizado pelos grupos musculares periféricos.

Imagem: Fotolia. Voloshyn Roman

Relacionados:

  1. Ossos do Braço
  2. Região
  3. Osso da Perna
  4. Ossos da Face
  5. Alongamento
  6. Ossos da Mão
  7. Intestino Delgado e Intestino Grosso
  8. Stretching (Exercícios de Alongamento)
  9. Pares Cranianos
  10. Respiração