Contribuição - Conceito, o que é, Significado

ContribuicaoA contribuição é utilizada a fim de realizar um programa, uma política, uma causa, etc. Assim, é possível referir-se a uma contribuição de aposentadoria, patronal, de campanha, etc. A contribuição geralmente está relacionada a uma importância em dinheiro, embora possa referir-se também a uma contribuição feita em espécie. Elas podem ser voluntárias ou involuntárias, embora neste último caso também possa ser falado de um imposto.

No caso das contribuições patronais, elas se referem às quantias percentuais de dinheiro que o empregador deve realizar de acordo com o salário do trabalhador. Elas devem ser realizadas em períodos regulares, geralmente de um mês. Do ponto de vista tributário devem ser considerados os impostos e de sua magnitude depende em grande parte a competição das empresas de um país, influenciando a baixa quando excessivos.

Em relação às contribuições de aposentadoria, se refere a um valor depositado para os trabalhadores formarem um fundo que seja necessário para quando se retirem do mercado de trabalho, servindo de renda para sua manutenção. Estas contribuições são feitas periodicamente, porém em relação ao próprio salário do trabalhador; uma vez finalizado o tempo de determinada atividade, o trabalhador fica em condições de aposentar-se e começar a receber os pagamentos conforme o valor das contribuições. Este sistema pode ser estatal ou privado, sendo no primeiro caso um órgão do estado encarregado de realizar esta administração e que tenta capitalizar as entradas recebidas, cobrando uma comissão por esta tarefa. Vale destacar que sempre haverá a polêmica em relação em qual é a melhor maneira de organizar este sistema.

Já as contribuições de campanhas se referem principalmente à contribuição de um determinado partido político para que se destaque em uma campanha de arrecadar votos para um ou vários cargos governamentais. Neste caso, as contribuições podem vir de qualquer entidade econômica, porém o mais comum é que venham de empresas que concordam com a orientação do partido em questão. Assim, na medida em que um governo pode influenciar na economia por meio de alguma intervenção do estado (ou por abstenção), os partidos envolvidos recebem ou não os fundos.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: