Conceito » Tecnologia » Celular

Celular - Conceito, o que é, Significado

Na América Latina é chamado de celular o mesmo aparelho que na Espanha é conhecido como móvil. Apesar destas diferenças ambos são um telefone móvel que utiliza a tecnologia celular para manter-se em comunicação.

A tecnologia celular se baseia nas estações de rádio, cada uma com sua área de cobertura correspondente e que se sobrepõem para cobrir um território amplo, formando células (daí vem seu nome).

Esta tecnologia foi aperfeiçoada e aplicada à telefonia móvel no final dos anos sessenta e início dos anos setenta no século XX. E digo "aperfeiçoada" e "aplicada a" em vez de inventada, pois realmente a tecnologia celular que permite a operação dos telefones celulares de hoje não é mais do que uma evolução da tecnologia das rádios anteriores.

Embora a primeira chamada de um telefone móvel fosse feita no dia 3 de abril de 1973 por técnicos da Motorola, os primeiros precedentes comerciais desta tecnologia aconteceram na década de 1940, quando algumas cidades norte-americanas lançaram um tipo de serviço de telefonia por rádio que permitia a chamada de um carro (onde os telefones foram instalados) para os telefones fixos.

Pouca autonomia para falar e um alcance limitado assim que a rádio de ação eram as características deste serviço

A antiga União Soviética, mais o leste europeu, o Japão e os países nórdicos também exploraram seus próprios sistemas de telefonia móvel com base na tecnologia da comunicação celular, mas acredita-se por unanimidade o que impulsionou sua decolagem definitiva foi aquela primeira chamada no ano de 1973.

Cada um dos pontos de conexão, unidos entre si por uma rede dedicada e que pode ser cabeada, são chamadas de estações base.

Estas estações base podem ser bem visíveis, com torres dedicadas ou por estarem camufladas entre o mobiliário urbano, de forma que passem despercebidas ao integrar-se melhor com o seu entorno.

Geralmente, a conexão destas estações base à rede da operadora é realizada por meio de cabo de fibra óptica, enquanto que a conexão aos telefones móveis é feita por ondas de rádio em determinadas frequências

Estas frequências são regulamentadas por órgãos, geralmente governamentais, que asseguram a coexistência de vários serviços no espaço radioelétrico, como a televisão analógica, a TV digital (sendo que a primeira já foi extinta por causa da última), a telefonia móvel, entre outras.

Esta é a razão pela qual, historicamente, em várias partes do mundo utilizaram frequências distintas, causando problemas ou até mesmo diretamente a impossibilidade de usar um telefone celular preparado para um mercado em outro diferente.

Felizmente e devido à globalização, as diferenças estão desaparecendo e atualmente já é possível adquirir um celular em qualquer mercado e usá-lo em outro diferente.

A chave da tecnologia celular está no roaming, que consiste num terminal (telefone que possui o usuário) que se conecta automaticamente à próxima célula que se encontra a ponto de sair da cobertura que está conectada atualmente, sendo capaz de manter a comunicação enquanto se move

Isso é possível porque as coberturas se solapam sutilmente e a comunicação é comutada pela rede até a célula, fazendo com que o telefone receba um sinal mais forte enquanto estiver conectado com aquele que oferece o sinal. O terminal nunca se desconecta de um para conectar-se novamente, pois isso faria perder o sinal.

Imagem: Fotolia. Coka

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: