Conceito » Sociedade » Auctoritas

Auctoritas - Conceito, o que é, Significado

A auctoritas se refere à personalidade de um indivíduo e sua formação. Quando um indivíduo tem uma forma de ser carismática, assim como aquilo que diz e faz transmite valores, os outros lhe dão certa autoridade moral.

Suas credenciais éticas, sua vontade e seus conhecimentos fazem com que as pessoas ao seu redor acatem suas ideias de maneira espontânea.

O binômio auctoritas-potestas

Na Roma Antiga, os mandatários e representantes públicos devem ter o reconhecimento dos cidadãos. Em princípio, os patrícios, os senadores e os magistrados eram aqueles que possuíam esta capacidade, já que suas avaliações eram realizadas a partir de uma posição de poder.

Ambos os conceitos são fundamentais para entender a ideia de poder na civilização romana, mais profundamente em qualquer comunidade de cidadãos. A auctoritas está associada ao conhecimento e à dimensão ética do indivíduo, enquanto que a potestas expressa a ideia de força. Em outras palavras, acatamos as ordens de alguém quando este tem a força coercitiva do poder, mas quando obedecemos a um indivíduo que não tem poder, nossa conduta tem uma origem diferente: a autoridade intelectual e moral daquele que dá uma ordem ou propõe algo.

Quando cumprimos uma lei que nos é obrigado a fazer é a potestas, ou seja, o poder coercitivo das leis. Em compensação, quando decidimos seguir os ensinamentos de um professor, toda imposição desaparece e nossa ação se baseia no respeito ao seu conhecimento.

Para os romanos antigos, a análise da ação humana não tem uma dimensão filosófica, mas se manifesta na realidade vital de como é na verdade. Neste quadro geral, a vida em sociedade deveria basear-se no respeito às tradições e ao cumprimento das leis. Desta maneira, uma comunidade de indivíduos deveria ser guiada por algum tipo de guia ou referência moral.

A figura do filósofo, do educador e do jurista representa o homem que tem auctoritas, enquanto que o militares e o governador são a personificação da potestas. Naturalmente, não são conceitos antagônicos, uma vez que existem pessoas que aglutinam a auctoritas (o saber) e a potestas (o poder socialmente aceito).

Na cultura ocidental a instituição que simboliza os auctoritas é a igreja

Durante séculos, a autoridade máxima de uma comunidade foi ocupada pelos membros do clero, pois eles já "conheciam" a autêntica verdade revelada por Deus. Consequentemente, suas palavras tinham um efeito dominante sobre a multidão.

O povo, em sua maioria analfabeta, davam evidente força moral e um saber de ordem superior aos representantes da igreja, ou seja, uma auctoritas.

Imagem Fotolia: Georgios Kollidas

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: