Conceito » Saúde » Sistema Linfático

Sistema Linfático - Conceito, o que é, Significado

O sistema linfático é uma parte importante do sistema circulatório. Está formado pelos gânglios, pelos órgãos linfoides e por uma rede de dutos que conectam estas estruturas entre si, assim como com a circulação geral conhecida como vasos linfáticos.

Este sistema se encontra localizado em todo o corpo, exceto no sistema nervoso central e também está diretamente relacionado ao sistema imune ou sistema de defesa do corpo.

A circulação linfática

O sistema linfático intervém nos processos de coleta de líquidos e de diversas substâncias que são depositadas ou armazenadas nos tecidos, assim como no transporte de células do sistema imunológico para os locais onde são requeridas.

A função de drenagem do sistema linfático permite que os líquidos acumulados nos tecidos produto da resposta inflamatória, traumatismos, processo infeccioso ou insuficiência venosa sejam levados de volta à circulação venosa para serem filtrados pelo rim e finalmente eliminados pela urina.

O líquido contido dentro do sistema linfático é conhecido como linfa, possui cor amarelada similar ao plasma sanguíneo, é composto de água, proteínas e células do sistema imune como os linfócitos, que são um tipo de glóbulo branco.

Estruturas linfáticas

Gânglios linfáticos. Ao longo do trajeto dos vasos linfáticos está localizada uma série de nódulos conhecidos como gânglios linfáticos. Estes constituem uma espécie de filtro e tendem a distribuir-se formando grupos que se localizam principalmente ao nível do pescoço, axilas, virilha e no interior do abdômen ao longo dos grandes vasos, como a artéria aorta e a veia cava. Nos gânglios linfáticos é realizado o reconhecimento de microrganismos como os vírus e bactérias, dando início a ativação dos linfócitos B, que são um tipo de glóbulo branco responsável pela produção dos anticorpos; por esta razão os gânglios linfáticos aumentam de tamanho quando ocorre uma infecção.

Amígdalas. O tecido linfático está localizado em pontos estratégicos do aparelho digestivo, na cavidade bucal se encontra no início da faringe, em estruturas conhecidas como amígdalas e adenoides; também existe o tecido linfático no apêndice cecal, esta localização estratégica permite dispor de um tecido de defesa em dois pontos importantes de entrada de germes ao organismo, como são a via aérea e a boca.

Timo. Na fase embrionária e durante a infância há uma grande atividade imunológica no timo, um órgão localizado atrás do esterno, que se encontra relacionado com a maturação dos linfócitos T, que são um tipo de glóbulo branco responsável pelo reconhecimento das células do corpo e por diferenciar as células estranhas, assim como por coordenar a resposta do sistema de defesa frente aos microrganismos.

Baço. É um órgão localizado no interior do abdômen e do lado esquerdo, sua principal função é eliminar as células sanguíneas envelhecidas e também atuar como um reservatório ou depósito de sangue. O baço também desempenha um papel importante como órgão linfático, atua como um filtro que coleta os diversos antígenos (substâncias estranhas ao organismo) sendo capaz de produzir imunoglobulinas e substâncias necessárias para que as células do sistema de defesa possam eliminar as bactérias que estão protegidas por uma cápsula, como é o caso do pneumococo, bactéria causadora de doenças como a pneumonia.

Imagem Fotolia: Sonulkaster

Relacionados:

  1. Sistema Circulatório
  2. Excreção
  3. Órgãos Vitais
  4. Abscesso
  5. Tecido Sanguíneo
  6. IgG e IgM
  7. Semáforo
  8. Endorfinas
  9. Osteócito
  10. Pares Cranianos