Conceito » Religião » Sefardita

Sefardita - Conceito, o que é, Significado

A partir de suas origens mais remotas o povo judeu tem sido vítima de perseguições e sofrimentos de várias naturezas. No final do século XV, na Espanha, os Reis Católicos decretaram a expulsão dos judeus do território peninsular com o objetivo de impor a religião cristã a toda população.

Calcula-se que umas 200.000 pessoas foram expulsas e aqueles que decidiram permanecer na península foram obrigados a converter-se ao cristianismo.

Os judeus que foram exilados são conhecidos como sefarditas, mas também como ladinos ou judeu-espanhóis

A palavra sefardita quer dizer literalmente "habitante de Sefarad" (Sefarad era a palavra hebraica usada para denominar o território da península ibérica). Após sua expulsão, foram exilados em diversos territórios do Mediterrâneo, no norte da Europa e na América.

Na atualidade, estima-se que 10% dos judeus do mundo são de origem sefardita. Existem comunidades em vários países, mas especialmente em Israel, França, Estados Unidos, Grécia, Turquia, Argentina e México.

A identidade cultural se mantém viva

Calcula-se que haja cerca de 2 milhões de sefarditas no mundo. A identidade cultural desta população se mantém através de dois eixos principais: os ritos religiosos praticados nas sinagogas e que não são exatamente os mesmos de outras comunidades judaicas e sua própria língua (ladino ou judaico-espanhol).

Embora seja uma língua minoritária foi mantida ao longo do tempo. O ladino é um espanhol do século XV, mas qualquer falante de espanhol pode entender sem muita dificuldade. Na cultura sefardita há um denominador comum: o sentimento de saudade do território de Sefarad.

Uma das particularidades culturais dos judeus procedentes da Espanha é o uso de provérbios e ditados populares na linguagem coloquial

Também são conservadas as tradições culinárias, os jornais editados em ladino e uma ampla produção literária e musical. Na rádio pública espanhola (Radio Nacional da Espanha) é possível ouvir um programa em ladino ou safardita, "Luz de Sefarad".

Em 2015, o governo espanhol aprovou uma lei que concede a cidadania espanhola aos descendentes de judeus expulsos pelo Édito de Granada de 1492.

A intolerância religiosa e o crescente poder econômico dos judeus foram os fatores que provocaram sua expulsão no século XV.

A partir da perspectiva atual, aquela decisão é considerada injusta e totalmente equivocada. Por este motivo foram feitas tentativas para ressarcir a comunidade sefardita dispersa em todo o mundo e a partir de 2015 é possível solicitar a nacionalidade espanhola.

Imagem: Fotolia. AnaitSmi

Relacionados:

  1. Diáspora
  2. Ladino
  3. Moçárabes
  4. Deportação
  5. Faixa de Gaza
  6. Dupla Nacionalidade
  7. Sionismo
  8. Messiânico
  9. Batalha de Poitiers
  10. Mar Mediterrâneo