Conceito » Cultura » Macrolíngua

Macrolíngua - Conceito, o que é, Significado

Quando uma língua pode ser falada de diferentes maneiras se emprega o termo macrolíngua. Em outras palavras, este termo se refere a todas as variantes de uma língua. A linguística é a disciplina acadêmica que estuda as línguas, tanto em sua estrutura interna com em sua evolução ao longo do tempo.

Ao contrário do que se pode parecer à primeira vista, o termo macrolíngua não se refere a uma língua com grande número de falantes ou a ideia de um vasto território associado a um idioma. Na verdade, trata-se de uma categoria linguística que se refere ao conjunto de variações dialetais de uma mesma língua.

O espanhol como exemplo de macrolíngua

Estima-se que o espanhol é falado por 400 milhões de pessoas em todo o mundo e calcula-se que em 2030 este número será superior a 500 milhões. Embora seja uma língua com estrutura sólida, é evidente que apresenta múltiplas variantes. Em outras palavras, é uma língua padronizada e, ao mesmo tempo, com uma grande diversidade de formas linguísticas.

Identificando variedades do espanhol

Os linguistas dizem que há três variedades na Espanha: o castelhano, o andaluz e o canário. Uma das variantes do idioma espanhol, entre as mais curiosas, é o judeu-espanhol ou a língua sefardita, modalidade que ainda falam os judeus descendentes que foram expulsos da Espanha em 1492.

Em relação à América Latina, há cinco variedades: chilena, rio-platense, mexicana centro-americana, caribenha e andina. Cada uma com suas peculiaridades. Assim, o espanhol rio-platense está localizado no território da Argentina e do Uruguai e se destaca pelo uso do voseo, alguns modos verbais particulares (em vez de usar o pretérito perfeito se emprega o passado simples), uma entonação e um ritmo particular, assim como uma clara influência do idioma italiano e em menor proporção do português.

Apesar da diferença entre seus dialetos, aqueles que falam o espanhol podem comunicar-se fluentemente, independentes de sua procedência geográfica.

A língua náhuatl falada no México é também um macrolíngua

Embora o náhuatl seja falado por um milhão e meio de pessoas, o espanhol tem mais de 120 milhões de falantes no México. Esta língua pré-hispânica se encontra na categoria das macrolínguas. Neste sentido, há um náhuatl clássico e uma série de variantes dialetais, como o Náhuatl central, o Tlaxcala e o Durango.

Estas variações, muitas vezes, fazem com que os falantes que compartilham o mesmo idioma tenham dificuldade em comunicar-se.

Imagem: Fotolia. jdjuanci

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: