Conceito » Religião » Satanismo

Satanismo - Conceito, o que é, Significado

A figura do Diabo, Lúcifer ou Satanás aparece na Bíblia como o adversário de Deus. De acordo com o Antigo Testamento, Satanás foi um anjo criado por Deus que se rebelou contra ele e tentou manipular os humanos para que não obedecessem ao verdadeiro Criador. Sua presença faz parte da tradição cristã, judaica e muçulmana.

Pode ser entendido a partir de uma perspectiva religiosa, como um símbolo que representa a presença do mal na humanidade ou então como uma corrente estética.

Do ponto de vista religioso

Desde a antiguidade existem seitas que adoram o diabo, supostas possessões diabólicas e toda uma série de correntes relacionadas a Satanás. Tudo isso forma o Satanismo. Para a igreja católica, todos esses cultos e rituais expressam a mesma ideia: a rejeição ao verdadeiro Deus.

A Igreja de Satã é uma instituição religiosa fundada nos Estados Unidos, em 1966, por Anton Szandor LaVey e é conhecida como Satanismo LaVeyano. Seus seguidores não adoram o diabo, mas defendem certos princípios vitais: a busca do conhecimento além de Deus, o darwinismo social, a exaltação do prazer físico e mental, a negação de qualquer deus ou força sobrenatural no universo e a ideia de que cada indivíduo é seu próprio deus.

Os fiéis desta igreja acreditam que o cristianismo tem utilizado a figura de Satanás para atemorizar os homens e dominar o mundo.

Uma pessoa pode ser satanista de duas maneiras diferentes:

1) acreditar na existência do diabo e praticar algum ritual em sua homenagem;

2) acreditar que o diabo não existe, portanto, seu satanismo está relacionado a uma maneira de entender a vida.

A presença do mal

Aqueles que combatem o Satanismo a partir de uma perspectiva religiosa acreditam que as diversas formas de expressar a maldade entre os seres humanos se deve à influência do diabo. O anjo caído do Antigo Testamento tentou Jesus Cristo para desviá-lo do caminho verdadeiro e, ao mesmo tempo, tenta os homens a agir de maneira perversa, soberba e nociva.

Em outras palavras, o fato de existir o mal é uma prova da existência do diabo.

A moda do satanismo

O satanismo pode ser entendido como uma corrente estética. Neste sentido, existem pessoas que usam uma simbologia relacionada a Satanás. Alguns dos símbolos mais populares são os seguintes: o pentagrama invertido, o olho que tudo vê, a cruz satânica, o “s” satânico, o sinal do chifre com a mão, o número "666", a marca da besta, entre outros.

Imagem: Fotolia. warmtail

Relacionados:

  1. Anjo Caído
  2. Anticristo 666
  3. Anticristo
  4. Trindade
  5. Espírito Santo
  6. Incredulidade
  7. Evangelização
  8. Virgem Maria
  9. Livro de Enoque
  10. Apostasia