Rabino - Conceito, o que é, Significado

Na religião judaica o Torá é um livro sagrado por excelência. Seu conteúdo pode ser interpretado de várias maneiras, por este motivo há um professor que se apresenta dentro das comunidades judaicas como um experto conhecedor do Torá: o rabino. Portanto, o rabino é um guia espiritual e um professor que ensina a doutrina judaica.

A figura do rabino nas comunidades judaicas

O rabino é, acima de tudo, um profundo conhecedor da religião judaica, ou seja, dos textos sagrados, das tradições, da história e do simbolismo judaico. Em relação às suas atividades, elas podem ser de caráter formativo, espiritual ou litúrgico. De qualquer forma, o rabino é um líder da comunidade judaica.

Suas funções são diversas e algumas das mais significativas são as seguintes:

- É o interprete da lei judaica mais autorizada dentro de uma comunidade;

- Os casamentos são celebrados em sinagogas e o rabino é a autoridade religiosa que formaliza a união entre um homem e uma mulher;

- É um conselheiro espiritual e um servidor de Deus que está a serviço da comunidade;

- É um professor que ensina os preceitos do Torá e procura adaptar seu conteúdo ao contexto do mundo atual;

- Do ponto de vista pessoal, funciona como uma referência moral, um indivíduo cuja conduta serve de exemplo a seguir pelos demais.

A nomeação de um rabino

O processo de nomeação depende de um tribunal rabínico, uma instituição que faz parte de uma comunidade e que examina os conhecimentos e as qualidades humanas de um candidato a rabino. Neste sentido, um rabino deve conhecer com profundidade o Torá, aprender hebraico e passar por um período de treinamento e formação. Além de seus grandes conhecimentos, precisa ter certas qualidades (uma profunda fé em Yahvéh, honestidade, espírito de serviço à comunidade e cumprimento da lei judaica).

Os primeiros rabinos

Do ponto de vista histórico, os primeiros rabinos surgiram dos fariseus que viviam em Israel, no século l d. C, durante o domínio romano. Nesta comunidade, um pequeno grupo (os tannaim) iniciou a tradição rabínica e escreveu o Mishna, um texto que coleta as leis judaicas e sua tradição oral.

Imagem: Fotolia. Malchev

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: