Conceito » Ciência » Protozoários

Protozoários - Conceito, o que é, Significado

No Reino Animal as diferentes espécies podem ser classificadas de acordo com seu nível de complexidade biológica. Assim, os seres mais simples entre os invertebrados são os protozoários. Acredita-se que nas primeiras formas de vida já havia este tipo de organismos.

Deve-se destacar que o termo protozoário vem do grego e quer dizer literalmente "primeiros animais".

Características dos protozoários

A maioria destes seres é unicelular e possui um núcleo definido no interior da célula. Como critério geral, possuem movimento e alguns deles são heterotróficos, ou seja, alimentam-se de outros seres vivos. Em alguns casos são autótrofos, isto é, fabricam seu próprio alimento da mesma forma que as plantas.

Existem quatro tipos diferenciados: os flagelados, os ciliados, os rizópodes e os esporozoários. Todos eles estão classificados no Reino Protista. Todos os organismos protistas são microscópicos, sem paredes celulares, vivem em ambientes úmidos, possuem altas taxas reprodutivas e precisam de oxigênio para sobreviver. Estas características fazem com que esses seres se tornem depuradores naturais de água e, paralelamente, precursores de cadeias tróficas.

Acredita-se que os protozoários mais primitivos apareceram próximo à costa marítima. Neste sentido, os organismos surgidos neste meio ambiente evoluíram e se tornaram uma parte fundamental da cadeia alimentar de outros seres vivos.

O papel dos protistas em diferentes campos

Em sua grande maioria estes seres são inofensivos. Alguns deles são muito úteis, pois alguns protozoários são empregados na geologia para a busca do petróleo.

Os protistas são utilizados no mundo inteiro no tratamento de águas residuais, uma vez que estes organismos mineralizam a matéria orgânica. Assim mesmo, são usados como fertilizantes orgânicos, na fabricação de biocombustíveis, para produzir cosméticos, para fabricar fármacos ou preparar biomassa de algas. Podem ser cultivados também colocando substratos artificiais flutuantes ou então para alimentar os peixes.

Estes organismos são empregados também em diferentes indústrias alimentícias

Apesar de suas inúmeras utilidades, alguns protistas produzem doenças, tais como a malária ou certas doenças que afetam as plantas.

Em resumo, os protistas incluem os protozoários e compõem mais de 30.000 espécies diferentes que habitam todos os ecossistemas aquáticos do planeta.

Imagem: Fotolia. Wire_man

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: