Amebas - Conceito, o que é, Significado

Os primeiros seres que habitaram a Terra foram minúsculos seres unicelulares. Na classificação animal estas espécies são conhecidas como protozoários. Dentro deles existem diferentes subespécies: os paramécios, as amebas e as vorticelas.

Se focarmos nas amebas, este organismo microscópico vive na água, como nas lagoas, lagos e açudes, geralmente em lugares quentes. Carece de parede celular, não tem sistema nervoso e se multiplica de forma assexuada. Quanto à sua nutrição, alimenta-se de partículas em decomposição. Somente algumas amebas se tornam organismos que parasitam o intestino humano.

Para evitar que cheguem ao intestino, recomenda-se a cloração da água e filtrá-la. Do mesmo modo, é conveniente adotar medidas de higiene com os alimentos crus e evitar o consumo de frutas sem descascar.

A amebíase é uma doença parasitária

Quando as amebas são depositadas nos intestinos ocorre a amebíase. Esta circunstância pode desencadear algumas patologias: colite invasiva, síndrome disentérica ou inclusive colite fulminante (neste último caso, trata-se de uma doença que pode ser fatal). Em alguns casos excepcionais, a presença de amebas no intestino provoca apendicite ou problemas hepáticos. A amebíase pode se espalhar para outros órgãos, como o pulmão e o cérebro.

Esta doença geralmente ocorre em países tropicais. Deve-se destacar que os nativos já estão imunizados a estes parasitas, enquanto que os nãos nativos têm um sistema imunológico mais fraco em relação à presença de amebas no organismo.

Os fatores de risco associados à amebíase são os seguintes: falta de higiene nos alimentos, práticas sexuais sem proteção e, de maneira especial, beber água contaminada por amebas.

O tratamento médico mais comum contra este tipo de infecção consiste em administrar amebicidas luminais, um fármaco que permite combater os sintomas mais comuns. Quanto à dieta, recomenda-se que os primeiros sejam mais leves. Como critério geral, a amebíase pode ser curada em três semanas aproximadamente.

Remédios caseiros contra a amebíase

Além dos tratamentos médicos convencionais, existem outras alternativas para eliminar as amebas e os parasitas. Entre os remédios caseiros mais populares, podemos destacar alguns: a mistura de cebola com mel, as sementes de papaia trituradas, o óleo de mamona em um copo de leite, a água do alho ou as sementes de limão misturadas com água.

Imagem: Fotolia. Aglia

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: