Conceito » Esporte » Pliometria

Pliometria - Conceito, o que é, Significado

Os métodos de preparação física estão incorporando novos exercícios e técnicas para melhorar o rendimento dos atletas. Nos últimos anos, uma nova modalidade se popularizou: os exercícios pliométricos ou a pliometria. Este método de treinamento consiste basicamente em realizar movimentos intensos e rápidos.

Princípio geral da pliometria

Os músculos do nosso organismo são formados por fibras musculares, com tendões nas extremidades. Os treinamentos provocam uma intensa contração no músculo, ou seja, primeiro há um alongamento e em seguida um encurtamento (este processo é conhecido como CEA ou ciclo de alongamento e encurtamento).

Os especialistas em preparação física consideram que antes deste treinamento é conveniente o atleta adquirir uma força muscular suficiente. Assim, primeiro se desenvolve a força em geral e, posteriormente, são introduzidos movimentos pliométricos para desenvolver a potência específica dos músculos.

Um tipo de exercício não recomendável a todos os atletas

Alguns exercícios típicos desta modalidade são os seguintes:

1) saltar com os pés juntos sobre uma caixa,

2) realizar saltos alternativos sobre uma caixa,

3) fazer agachamentos com saltos abertos e fechados,

4) dar saltos alternativos no próprio chão e com grande velocidade e

5) dar pequenos saltos com a ponta dos pés.

A duração de cada exercício deve ser breve (por exemplo, 30 segundos) e acompanhada por um período de descanso similar. Os movimentos e exercícios são baseados em acelerações, desacelerações, saltos e lançamentos. Normalmente, este treinamento é executado sob a forma de circuito.

Além disso, os movimentos são realizados em várias intensidades e com todo tipo de variações.

Obviamente, a pliometria precisa adaptar-se à forma física de cada atleta para evitar lesões ou produzir efeitos contrários aos desejados. Como qualquer atividade esportiva, é conveniente ser supervisionado por um treinador qualificado.

Deve-se destacar que esta modalidade de exercício nem sempre é recomendada, pois causa forte impacto sobre o organismo. Na verdade, este método é desaconselhado para aqueles que sofrem de alguma patologia nas costas, no joelho ou por excesso de peso.

Os treinadores utilizam esta técnica em esportes como futebol, rugby ou basquete. Este método é também empregado na preparação de corredores, sejam velocistas ou maratonistas.

Imagem: Fotolia. Jale Ibrak

Relacionados:

  1. Stretching (Exercícios de Alongamento)
  2. Preparação Física
  3. Alongamento
  4. Glutamina
  5. Isometria
  6. Tai chi (Taichi)
  7. Crossfit
  8. Body Balance
  9. Triatlo
  10. Ginástica