Conceito » Religião » O Pentateuco

O Pentateuco - Conceito, o que é, Significado

Os cinco primeiros livros do Antigo Testamento são conhecidos como Pentateuco. Este termo vem do grego e significa literalmente cinco volumes. Para os judeus esta denominação é conhecida como Torá. Segundo a tradição judaico-cristã, Moisés foi quem escreveu o Pentateuco.

Os livros integrados ao Pentateuco são Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio

Na Gênesis é narrada a criação da Terra e do céu. Este livro conta também a origem da humanidade e a história dos patriarcas como origem do povo de Israel. Neste texto sagrado, Deus é apresentado como o criador de tudo o que existe.

Uma das histórias mais conhecidas da Gênesis está relacionada à desobediência de Adão e Eva e o consequente pecado original da humanidade.

O livro Êxodo narra a história do povo de Israel desde o período da escravidão no Egito até sua plena libertação no Monte Sinai

Em outras palavras, conta-se o surgimento de Israel como nação. No Êxodo aparecem também os Dez Mandamentos.

O livro Levítico é destinado aos levitas, os primeiros sacerdotes consagrados por Moisés (recebem este nome porque pertenciam à tribo de Levi, uma das doze tribos originárias do povo de Israel). Ao longo dos capítulos são tratados assuntos como os sacrifícios de animais, as oferendas a Deus, as proibições alimentares e as oferendas dos sacerdotes para a expiação dos pecados.

O quarto livro é chamado de Números por conter cifras e registros que detalham os acontecimentos relacionados à travessia do deserto do Egito até o Monte Sinai.

O Deuteronômio é um livro eminentemente histórico. Seus capítulos narram alguns episódios relevantes da história do povo de Israel: o avanço em direção à terra prometida, a exortação de Moisés para que o povo respeite os mandamentos, a proibição da adoração de falsos deuses e as referências históricas às principais celebrações religiosas (por exemplo, a Festa dos Tabernáculos).

Recapitulando

O Pentateuco tem uma relevância histórica e ao mesmo tempo teológica. Para os cristãos, os cinco livros que o integram têm um fim cristológico, ou seja, ajudam a compreender a figura de Jesus Cristo como o verdadeiro Messias.

Para os judeus constitui a origem da revelação divina.

Imagem: Fotolia. gburshtein

Relacionados:

  1. Antigo Testamento
  2. Tanach
  3. Torá
  4. O Levítico
  5. Calendário Hebraico
  6. Sabbat
  7. Livro de Enoque
  8. Brit Milá (Bris)
  9. Arca da Aliança
  10. Reina-Valera