Conceito » Cultura » Monstro

Monstro - Conceito, o que é, Significado

No universo da ficção científica o monstro é um personagem que assusta e dá medo. Portanto, é um personagem frequente no gênero de terror. Na vida real os monstros não existem, no entanto, as crianças são especialmente vulneráveis aos terrores noturnos.

Algumas crianças sofrem com a escuridão da noite e têm medo de dormir sozinhas em seus quartos, pois imaginam fantasmas e até mesmo têm pesadelos, onde o monstro é o protagonista. Sem dúvida, o processo de crescimento representa a superaração dos medos.

Na atualidade o título do filme dirigido por Juan Antonio Bayona se chama “Um monstro vem me ver”. Além deste, um dos monstros mais conhecidos é o do Lago Ness.

Gênero de terror

Sem dúvida, o gênero da ficção tem uma entidade diferente da realidade. No entanto, a ciência ficção que tem tanto protagonismo no cinema e na literatura é um meio de inspiração para a própria vida. Isto é, em muitos casos, a ficção científica é uma fórmula que permite refletir filosoficamente sobre o mundo.

A verdade é que embora os monstros não existam na realidade, pelo contrário, eles existem em termos emocionais. Ou seja, todo ser humano, mesmo na idade adulta, tem seus próprios medos e fantasmas interiores. Neste contexto, o monstro é uma metáfora de tudo aquilo que causa um medo irracional no ser humano, algo que rouba seu bem-estar.

Por analogia este conceito também pode ser usado como um adjetivo para qualificar o comportamento malvado como monstruoso. Às vezes, este adjetivo também é utilizado para descrever a feiura de algo ou de uma situação.

Os monstros do inconsciente

Os monstros causam sofrimentos em forma de pesadelos. Não são reais, mas quando temos um sonho turbulento sofremos como se fosse real. Em certas ocasiões, estes fantasmas internos são um efeito direto da autossugestão. Ou seja, é possível que depois de assistir um filme de terror, aquele espectador que é especialmente vulnerável a este tipo de filme se sinta um tanto impactado durante os primeiros dias.

Do ponto de vista do coaching, cada ser humano deve identificar seus próprios monstros. Ou seja, tudo aquilo que evita porque tem medo. Para as pessoas com fobia, a figura de um monstro é algo que lhe dá pânico.

Imagem: Fotolia. Andrey Kiselev

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: