Método Dedutivo - Conceito, o que é, Significado

Metodo-DedutivoO conhecimento rigoroso e especialmente a ciência necessitam de um caminho para chegar a certas conclusões. E esse caminho é o método. Entende-se por método o procedimento para analisar um aspecto da realidade.

Na hora de pensar, podemos fazer de diversas maneiras: observando, coletando dados, refletindo, analisando a partir de um ponto de vista subjetivo, entre outras. Entretanto, se pretendemos que o conhecimento seja válido e com garantias de certeza, é preciso adotar um método de trabalho. O método dedutivo parte de ideias gerais que são aceitas como satisfatórias e, a partir disso, é deduzida uma série de suposições que logo se contrastam com os dados concretos da realidade. A ideia básica deste método é dar o primeiro passo metodológico dos fatos específicos partindo do geral para o particular.

O método dedutivo também é chamado de hipotético-dedutivo, uma vez que há uma ideia que atua como suposição e que significa a existência de uma hipótese explicativa.

O método dedutivo se contrasta ao indutivo. Este último consiste em um procedimento baseado no acúmulo de dados que vão ampliando e classificando-se para obter um enunciado geral. A indução é considerada uma metodologia insuficiente e escassamente sólida para a ciência, uma vez que um número elevado de dados não pode alcançar uma ideia geral. Seria como dizer que o sol sairá amanhã porque sempre saiu até agora. Trata-se de uma avaliação indutiva que serve para ter um grau de fiabilidade muito elevado para a vida cotidiana.

Porém os teóricos do conhecimento preferem o método dedutivo, ou melhor, hipotético-dedutivo, ao oferecer mais precisão na hora de fazer ciência. Podemos considerar que enquanto os dados não contradizem a afirmação da dedução, esta é válida, mesmo que seja provisória. Um bom exemplo da dedução é a lei da gravidade de Newton: uma ideia geral apoiada em fatos concretos e que até hoje não tem aparecido outro dado que se contraponha.

O método dedutivo é uma maneira de pensar, um tipo de raciocínio. O ponto de partida é sempre um enunciado, uma ideia geral que não surge do nada, mas que normalmente se baseia na observação. Do enunciado inicial são extraídas premissas que a partir daí são tiradas as devidas conclusões. Este mecanismo é próprio da lógica (um dos ramos da filosofia) e é aplicado em todas as ciências.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: