Isometria - Conceito, o que é, Significado

O prefixo "iso" quer dizer "igual" e o termo "metria" vem do grego "metron", que significa "medida". Assim, a isometria se refere a uma particularidade da geometria. No entanto, as questões isométricas também estão presentes na natureza e na preparação física.

Na geometria

Existe uma transformação isométrica quando não há alteração da forma nem do tamanho de uma figura geométrica. Assim, há apenas uma mudança de posição na figura.

A translação é um movimento que ocorre quando uma figura desliza em linha reta para uma direção. Em toda translação intervêm três aspectos:

1) o sentido (direita, esquerda, acima, abaixo...),

2) a magnitude (a distância específica percorrida),

3) a direção (movimento em forma horizontal, vertical ou oblíqua).

Do ponto de vista formativo, a isometria está presente nas questões matemáticas mais relevantes: obtenção de figuras, decomposição em partes ou destreza espacial. No campo da educação infantil, as crianças precisam familiarizar-se com os objetos e as formas que têm algum tipo de isometria, mas também com as que são assimétricas.

Na natureza e no mundo ao nosso redor

Se cortarmos uma maçã ao meio vamos observar que as duas partes são simetricamente idênticas. As imagens que são projetadas sobre a água são coincidentes, portanto, há uma isometria entre ambas. As rosáceas das catedrais góticas, as mandalas, as tesselações, a estrutura de uma flor e as asas de um moinho também têm esta singularidade geométrica. Em suma, todos estes desenhos com translações e movimentos têm essa característica.

O exercício isométrico é aquele em que se aplica uma força a um objeto que apresenta certa resistência, portanto, não ocorre nenhum movimento corporal.

Este tipo de exercício é realizado para ganhar força e massa muscular e é caracterizado por ser estático e não dinâmico. Empurrar uma parede com os braços por alguns segundos ou manter-se em uma posição realizando determinada força são dois exemplos de exercícios isométricos.

Este tipo de treinamento também serve para a reabilitação, pois ajuda a fortalecer tendões e tecidos musculares danificados ou atrofiados.

O treinamento de força isométrica tem algumas vantagens adicionais: pode ser realizado em qualquer lugar, reduz o risco de lesões e se adapta a qualquer tipo de atleta. No entanto, este tipo de exercício não deve ser abusado porque diminui a elasticidade muscular e não favorece a coordenação intermuscular.

Imagem Fotolia. miaoumiaou

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: