Conceito » Comunicação » Interlíngua

Interlíngua - Conceito, o que é, Significado

As línguas têm vida própria e são de alguma forma realidades vivas e naturais. Se levarmos em conta o espanhol como referência, trata-se de uma língua românica proveniente do latim que ao longo de sua história incorporou termos do árabe, do francês, do italiano e de uma infinidade de americanismos.

Uma alternativa às línguas naturais são as linguagens artificiais ou construídas. Trata-se de idiomas criados de maneira artificial. Um desses idiomas é mais precisamente a interlíngua. Esta que foi criada em 1951 e seu principal propulsor foi o tradutor e linguista alemão Alexander Gode.

A Associação de Língua Auxiliar Internacional (IALA) e a União Mundial para Interlíngua são órgãos que promovem a difusão desta língua. Entre as línguas artificiais mais difundidas se destacam o esperanto, a interlíngua, o volapük e o lojban (esta última foi criado em 1987 com critérios baseados na lógica de primeira ordem).

Distinguindo suas características gramaticais

Esta língua artificial foi criada através de diversas línguas românicas, mas também do russo, alemão e inglês. Em relação às normas gramaticais estão baseadas preferencialmente nas regras do inglês.

Seguindo o idioma espanhol. Le é o artigo determinado e não apresenta nenhuma variação (equivalente ao el, la, los e las). Os adjetivos são invariáveis em gênero e número. Os pronomes pessoais no singular são io, tu, ille, illa e illo. O infinitivo dos verbos é igual ao espanhol, pois terminam em ar, er ou ir e em relação à pronúncia das letras a maioria também é igual. Todas as regras gramaticais deste idioma foram projetadas com critérios de simplicidade e simplificação.

A interlíngua, da mesma forma que o esperanto, é um idioma auxiliar que pretende promover a comunicação no plano internacional.

Ao longo da história, os propulsores desta língua colocaram em prática alguns projetos: boletins de notícias para sua difusão, o uso deste idioma em congressos científicos, resumos de artigos relacionados à medicina, dicionários, conferências internacionais para o estudo das línguas artificiais, etc

Da mesma forma que outras línguas, existem duas versões diferenciadas: a Interlíngua de Peano ou Latino Sine Flexione e a Interlíngua estabelecida pela IALA.

Tanto a Interlíngua como o Esperanto pretendem ser meios de comunicação para um mundo sem fronteiras. No entanto, a adoção de uma língua artificial para favorecer as relações humanas não tem se transformado em uma realidade.

Para muitos linguistas, os idiomas artificiais estão condenados ao fracasso e não passam de simples e belas utopias.

Imagem Fotolia: Shutter2U

Relacionados:

  1. Língua Oficial
  2. Línguas Românicas
  3. Artigo
  4. Língua Materna
  5. Vernáculo
  6. Língua Morta
  7. Intraduzibilidade
  8. Esperanto
  9. Empréstimo Linguístico
  10. Alfabeto Fonético Internacional