Conceito » Saúde » Estrabismo

Estrabismo - Conceito, o que é, Significado

Quando os olhos não estão alinhados na mesma direção ocorre um distúrbio conhecido como estrabismo. Na linguagem popular é conhecido como olhos vesgos.

Em que consiste?

O olho humano tem uma direção ou outra a partir de músculos que funcionam coordenadamente. Desta forma, quando uma pessoa olha para um objeto seus dois olhos executam esta operação em conjunto. No entanto, nas pessoas que sofrem de estrabismo os músculos não funcionam coordenadamente, uma vez que um olho olha para um objeto e outro olha em uma direção diferente. Neste sentido, esta patologia estabelece uma perda do paralelismo ocular. Isto faz com que duas imagens diferentes sejam enviadas ao cérebro. Desta forma, o cérebro reage ignorando a imagem que provém do olho mais fraco.

Existem três tipos de estrabismo: convergentes, divergentes e verticais. No primeiro caso, o olhar se desvia para dentro; no segundo para fora e no terceiro há um desvio de cima para baixo.

A importância do alinhamento ocular

Os olhos estarem devidamente alinhados é importante não só por razões estéticas, mas também porque seu correto paralelismo melhora o campo visual em seu conjunto e isso afeta as tarefas da vida cotidiana.

Este problema ocular costuma aparecer na infância

Esta patologia pode afetar tanto crianças e adultos, porém é mais comum ocorrer nos primeiros anos de vida. No que diz respeito às crianças, deve-se considerar que até os 6 ou 8 meses não há um olhar definitivamente fixo, por isso é normal um grau de estrabismo nos primeiros meses de vida. No entanto, se o desvio for de tipo divergente é aconselhável consultar o pediatra mesmo se criança tiver menos de 6 meses.

O estrabismo em crianças ocorre geralmente por um problema de hipermetropia. Esta situação produz um maior esforço no olho e isso o leva a um desvio. Quando o estrabismo não se deve à hipermetropia, muitas vezes é aconselhada uma intervenção cirurgia para correção.

O estrabismo infantil pode ser de dois tipos: o acomodativo e o não-acomodativo. O primeiro ocorre quando a criança que usa óculos deixa de desviar o olho (este caso geralmente não é corrigido através de cirurgia). No de tipo não-acomodativo o desvio ocorre tanto com o sem o uso de óculos (nesta modalidade pode ser realizada a cirurgia).

Imagem: Fotolia. tverdohlib

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: