Conceito » Alimentação » Espirulina

Espirulina - Conceito, o que é, Significado

A espirulina é uma alga que, ao contrário do que sua própria denominação expressa, não pertence ao gênero spirulina, mas sim à arthrospira. Esta aparente confusão tem uma explicação, pois na classificação inicial das algas havia apenas o gênero spirulina e somente mais tarde foi descoberta uma nova subdivisão.

Apesar disso, seu nome original não foi modificado e por este motivo continua sendo chamado pelo termo de origem.

Vale ressaltar que a palavra espirulina provém do termo spiral em latim, já que na observação microscópica pode ser observada sua forma em espiral.

Como é consumida?

Do ponto de vista histórico, sabe-se que os antigos astecas recolhiam esta alga dos lagos para consumi-la como alimento. Atualmente é consumida de três formas diferentes: de maneira natural, em batidos como suplementos nutricionais e em forma de comprimidos.

Os especialistas em nutrição aconselham tomar 3 ou 4 gramas diariamente distribuídos entre as principais refeições. Deve-se destacar que a espirulina não é um medicamento, mas se trata realmente de um alimento.

Principais características e benefícios para a saúde

Trata-se de uma alga que pode ser encontrada em lagos com alta alcalinidade e no mar aberto com águas muito salgadas. Embora possa ser obtida de maneira natural, normalmente é produzido em um ambiente controlado para evitar a possível contaminação do produto. Apresenta uma cor verde azulada devido à alta concentração de clorofila em suas células.

Possui uma grande quantidade de nutrientes e por este motivo foi declarada como um dos alimentos do futuro pela Organização Mundial da Saúde. Contém mais proteínas que ovos e carnes. Assim mesmo, conta com os nove aminoácidos que o ser humano precisa para a nutrição.

Outra característica é que proporciona vitamina B12 e outras vitaminas essenciais

Portanto, trata-se de uma fonte de alimento que poderia representar uma solução muito válida para as pessoas com problemas nutricionais e também ser utilizada nos países com déficit alimentar.

É uma alga muito indicada para as pessoas que sofrem de anemia ou fadiga, pois favorece a produção de glóbulos vermelhos e de ferro. Possui um grande poder de desintoxicação e ao mesmo tempo serve para a eliminação de toxinas. Devido a seu alto conteúdo vitamínico, seu consumo é benéfico para o cuidado da pele e das unhas.

Nos últimos anos, tornou-se um produto muito valorizado entre aqueles que buscam reduzir peso. As pessoas que fazem uma dieta vegetariana ou vegana podem consumi-la regularmente, uma vez que estas pessoas geralmente têm um déficit de proteínas e de algumas vitaminas.

Imagem: Fotolia. baibaz

Relacionados:

  1. Champanhe (Champagne)
  2. Superalimento
  3. Toponímia
  4. Etimologia
  5. Espúrio
  6. Amaranto
  7. Anatomia
  8. Miscelânea
  9. Elegia
  10. Gênero Gore