Conceito » Psicologia » Espanto

Espanto - Conceito, o que é, Significado

Quando acontece algo inexplicável, surpreendente ou raro conosco ocorre uma situação estranha, o espanto. Costuma-se dizer que estamos espantados quando um acontecimento nos causa certo impacto emocional ou uma situação de estranheza.

Situações de espanto

A surpresa é por definição algo inesperado e o fato de não ser previsível normalmente causa espanto.

As situações cotidianas e rotineiras, assim como as sensações de monotonia são questões opostas a tudo aquilo que se refere ao espanto.

Certos fenômenos da natureza são excepcionais e ao observá-los podemos ficar espantados. Assim, acontece com a aurora boreal ou o arco-íris e outros fenômenos atmosféricos pouco frequentes. Estes exemplos nos servem para recordar que o normal e previsível é incompatível com o espanto.

A ideia de espanto tem duas dimensões, uma positiva e outra negativa. Assim, receber um presente ou uma boa notícia, além de contemplar uma imagem de grande beleza nos causa um espanto gratificante. Ao contrário disso, as más notícias inesperadas e as situações alarmantes nos causam um espanto negativo.

Do ponto de vista emocional, o espanto está vinculado à fascinação, à preocupação e ao constrangimento.

O espanto e a origem da filosofia

Alguns pensadores acreditam que a ideia de espanto faz parte do surgimento da filosofia como disciplina. Na origem da filosofia ocidental, os primeiros filósofos gregos (os pré-socráticos) observavam a natureza com uma nova visão. Deixaram de pensar que os elementos místicos era a causa dos fenômenos naturais e viam a natureza com uma atitude de espanto. Esta atitude significa surpreender-se por tudo o que acontecia, pois de alguma maneira tudo tem uma dimensão espantosa. A perspectiva de espanto é uma forma de conhecimento que representa um caminho a seguir.

Quando pensamos no oposto de espanto nos deparamos com conceitos como a indiferença, apatia e a impassibilidade. Todas elas são ideias contrárias ao conhecimento e à busca da verdade.

A origem da filosofia não pode ser atribuída à capacidade de espanto como única causa, pois não podemos esquecer que também aconteceram outras circunstâncias tais como as novas formas de entender a política, a ineficiência dos mitos para explicar a realidade e o contato dos gregos com outras culturas também foram fatores determinantes.

Imagem: Fotolia - adam121

Relacionados:

  1. Imprevisível
  2. Emoções Positivas
  3. Terror
  4. Impacto
  5. Pavor
  6. LOL, OMG, YOLO, BTW, XOXO, WTF
  7. Aurora Austral
  8. Fatalidade
  9. Emoção
  10. Beleza