Conceito » Direito » Doador Vivo

Doador Vivo - Conceito, o que é, Significado

A doação de órgãos é um gesto totalmente altruísta que mostra a decisão pessoal e intransferível de uma pessoa em doar seus órgãos e trazer esperança ao próximo. Muitas pessoas precisam de um transplante de órgão em particular, por esta razão, é importante promover uma cultura de doação como um gesto de saúde para potencializar o bem-estar comum.

No entanto, a doação não mostra apenas a decisão pessoal que uma pessoa toma na vida quando morre e doa seus órgãos. Quais órgãos do corpo humano podem ser doados? Os rins, o coração, os pulmões, o fígado, o pâncreas.

Um ato totalmente altruísta

A doação em vida precisa cumprir com todas as normas legais. Por esta razão, para consultar qualquer dúvida personalizada a respeito deste tema é essencial para conversar com a equipe médica especializada. O doador deve atender certos requisitos, como ser maior de idade. Esta decisão deve ser também feita de forma voluntária em um gesto de altruísmo.

Pode ocorrer uma situação familiar na qual um doador saudável doa um dos seus órgãos a um membro da família ou a um amigo próximo que necessita. Mas também pode ser o caso de uma pessoa totalmente voluntária que doa um dos seus órgãos para alguém que não conhece. Deve-se destacar que o processo de doação segue sempre um protocolo de lista de espera.

Condições para a doação

Por outro lado, é importante ressaltar que a doação não pode ser realizada se o doador correr algum risco para sua própria vida. Neste caso, a decisão é totalmente impraticável. Portanto, na doação de uma pessoa viva e presente, a comissão de ética do hospital deve analisar a informação e ver se a mesma é favorável.

Além disso, o doador deve receber uma informação totalmente personalizada sobre os possíveis riscos de sua intervenção para que possa tomar sua decisão com total convencimento de causa. Por sua vez, tomada a decisão, a mesma deve ser formalizada por escrito para prosseguir com seu desejo de doar.

Ainda mais, este tipo de doação só ocorre quando a possibilidade de sucesso do ponto de vista médico é muito alta. Assim, o doador deve receber assistência médica personalizada para potencializar seu processo de recuperação após a cirurgia.

Enfim, deve-se salientar que mesmo o doador confirmando o desejo de doar, o mesmo é livre para mudar de ideia a qualquer momento.

Imagem: Fotolia. Dan Race - marina_ua

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: