Conceito » Tecnologia » ASMR

ASMR - Conceito, o que é, Significado

Certos estímulos auditivos, visuais e táteis desencadeiam curiosas reações físicas e psicológicas. As respostas são diversas: sensação de formigamento na cabeça, tremor nas extremidades, uma leve tontura, calafrios, sensação de calor e até mesmo de prazer. Muitas vezes estas reações são apresentadas de maneira conjunta.

O termo ASMR se refere às mais variadas reações físicas e psíquicas. Este acrônimo vem do inglês e significa Autonomous Sensory Meridian Response, que normalmente pode ser traduzido como Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano.

O termo ASMR é um neologismo recentemente criado, uma vez que surgiu e foi divulgado pela primeira vez, em 2010, mediante Facebook.

Um fenômeno viral através do YouTube

Nos últimos anos, os vídeos se tornaram muito populares, entre eles há um que aparece uma imagem acompanhada de um som curioso que se repete incessantemente. Sua finalidade é provocar uma sensação de prazer.

Através dos padrões sonoros os ouvintes experimentam reações gratificantes. Costuma-se dizer que estes ruídos produzem "orgasmos cerebrais".

Embora as reações produzidas não tenham sido ainda cientificamente estudadas, é bem provável que os vários estímulos ASMR funcionem como um ativador neuronal e hormonal. De qualquer forma, estas sessões se tornaram populares em todo o mundo e muitas pessoas estão envolvidas com este fenômeno.

Alguns desses vídeos têm milhões de visitas, mas a princípio tudo o que contêm é uma série de ruídos estranhos.

A experimentação destes estímulos não gera reações uniformes, pois cada indivíduo tem uma sensação única. Logicamente, há pessoas que não sentem nenhuma sensação agradável e se mostram totalmente indiferentes.

As respostas ASMR mais conhecidas são as auditivas, mas também existem as visuais, as táteis e as ultrassensoriais.

Em certas ocasiões, alguns desses estímulos são usados para realizar sessões de hipnotismo

Por tratar de experiências subjetivas fica muito difícil estudar este fenômeno com critérios científicos convencionais.

Todas as sensações experimentadas são únicas e exclusivas. Neste sentido, alguns especialistas em neurociência acreditam que as reações prazerosas relacionadas ao fenômeno ASMR não podem ser objeto de estudo científico, pois não é possível mensurá-las de forma objetiva.

Pelo contrário, alguns pesquisadores afirmam que os mecanismos de prazer associados à ASMR precisam ser analisados, mesmo que a ciência não possa explicá-los de maneira conclusiva.

Como muitos outros fenômenos, isso pode ser interpretado a partir de duas perspectivas antagônicas: uma nova direção em relação ao conhecimento das reações cerebrais ou uma simples moda passageira que não tem nada a ver com os mistérios da mente humana.

Imagem: Fotolia. Fizkes

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: