Vendedor Ambulante - Conceito, o que é, Significado

A atividade comercial pode ser realizada de diferentes maneiras: através da rede, em um estabelecimento tradicional ou em uma grande superfície, em um mercado, inclusive através de espaços urbanos diferentes. Assim, quem vende um produto na rua é um vendedor ambulante.

Como seu próprio nome indica, este tipo de vendedor não tem lugar fixo de venda, pois se desloca de um lugar para o outro buscando a maior afluência de público.

Particularidades da venda ambulante

Esta atividade está associada normalmente a grupos marginais que não podem ou não querem vender seus produtos pelos meios convencionais. O espaço utilizado para este tipo de venda é bem diversificado: estações de metrô, praças, ruas movimentadas, etc.

A mercadoria que se vende costuma bem barata, com produtos artesanais de pouco valor e cópias ilegais de roupa, CDs de música ou DVDs de filmes.

Aquele que dedica normalmente à venda ambulante não paga impostos nem taxas. Na relação cliente-vendedor é muito comum a prática de discussões, de modo que o preço final pago pelos consumidores seja diferente do preço inicial.

Obviamente, esta modalidade de venda tem certos riscos para o consumidor: a impossibilidade de realizar reclamações ou devoluções, possíveis enganos ou fraudes, entre outros. Do ponto de vista do comércio tradicional, a venda ambulante estabelece uma concorrência desleal. Com certa frequência, esta atividade comercial é perseguida pelas autoridades.

Camelôs, marreteiros, buhoneros, mercheros e manteros

No Brasil os vendedores ambulantes são conhecidos popularmente como camelôs, já no contexto da América Latina como buhoneros. A palavra buhonero começou a ser utilizada na Espanha na Idade Média para referir-se aos vendedores de rua. Etimologicamente provém do vocábulo bufón.

Um termo atualmente em desuso para referir-se aos vendedores de rua é o mercachifle. Na Espanha este tipo de atividade é mais conhecido como top manta e quem se dedica a esta atividade é mantero. A palavra mantero é usada geralmente porque as mercadorias são expostas em uma manta, da qual é fácil para embrulhar os produtos caso apareça algum policial com a intenção de abordá-lo. Hoje em dia as pessoas que se dedicam ao top manta na Espanha são em sua maioria de origem africana.

Um dos grupos que se dedica ao comércio ambulante na Espanha são os mercheros. Este grupo é nômade e tem uma forma de vida semelhante aos ciganos. Sua atividade principal ao longo da história é a venda de produtos de latão e bijuterias através da venda ambulante.

Imagem: Fotolia. ChiccoDodiFC

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: