Conceito » Sociedade » Imolação

Imolação - Conceito, o que é, Significado

A imolação acontece quando uma pessoa sacrifica algo, incluindo sua própria vida, por um ideal. Portanto, é uma ação individual que implica sofrimento e renúncia. Trata-se de uma ação vinculada originariamente ao fenômeno religioso, mas que com o tempo se tornou uma forma de protesto político.

O verbo imolar vem da palavra latina immolare e se refere a um preparo de farinha de trigo e sal espalhado sobre a cabeça de um animal que deveria ser sacrificado. Este ritual era bem comum na Roma Antiga.

O sacrifício de Abraão

No Antigo Testamento, mais especificamente em Gênesis 22, conta-se que Deus pediu para Abraão sacrificar seu filho Isaque. Quando Abraão estava disposto a obedecer, matando seu filho, um anjo o impediu de praticar a imolação. A atitude submissa de Abraão diante de Deus é uma ação simbólica tanto para o judaísmo como para o cristianismo.

Uma forma de protesto extremo

Há muitas formas de expressar um protesto. O mais comum é a demonstração popular em que um grupo de pessoas comunica seu mal-estar sobre algo de maneira conjunta. Muitas vezes, o protesto individual pode estar associado a ações chamativas (por exemplo, quando alguém se acorrenta em algum lugar para chamar a atenção).

Atear fogo sobre o próprio corpo é uma forma de imolar-se pouco habitual, mas de vez em quando aparecem notícias neste sentido. No ano de 2010, na Tunísia, um vendedor ambulante de 26 anos se incendiou como forma de protesto diante da repressão do governo e sua ação desencadeou a Primavera Árabe tunisiana.

Este tipo de sacrifício pessoal ou autoimolação é chamado de "quemarse a lo bonzo" em espanhol (a origem da expressão está relacionada aos protestos de monges budistas ou bonzos que se opuseram ao governo do Vietnã do Sul no início da década de 1960). Esta forma extrema e desesperada de protesto causa um grande impacto na opinião pública e quem realiza esta ação de queimar-se se torna muitas vezes um mártir popular.

Os terroristas suicidas que acabam matando outras pessoas não se imolam

Com certa frequência, nos meios de comunicação aparecem notícias em que se fala sobre a imolação de um terrorista usando explosivos em seu próprio corpo e a consequente perda de vidas humanas. Neste caso, este termo é usado indevidamente, já que o sacrifício da imolação tem um caráter pessoal e não deve estar relacionado à morte de outras pessoas.

Por outro lado, quando alguém comete suicídio por motivos pessoais não têm nada a ver com um ideal, portanto esta palavra também não deve ser usada.

Imagem Fotolia: Juliars

Relacionados:

  1. Religiões Abraâmicas
  2. Brit Milá (Bris)
  3. Livro da Vida
  4. Virgem Maria
  5. Henoteísmo
  6. Torá
  7. Livro de Enoque
  8. Anjo Caído
  9. Satanismo
  10. Agnus Dei (Cordeiro de Deus)