Conceito » Saúde » Progesterona

Progesterona - Conceito, o que é, Significado

A progesterona é um hormônio feminino que cumpre importantes funções na segunda metade do ciclo menstrual, assim como durante a gravidez.

É produzida no ovário na segunda fase do ciclo menstrual. Uma vez que um folículo começa seu crescimento estimulado por hormônios como o estrogênio e a FSH, ocorre um pico no hormônio luteinizante (LH) estimulando a ovulação. Após a liberação do óvulo, o folículo se torna uma estrutura chamada corpo lúteo, da qual se produz a progesterona.

Efeitos no corpo

É o hormônio responsável pelas alterações que ocorrem na camada que reveste o interior do útero, conhecido como endométrio, na segunda fase do ciclo menstrual e iniciado após a ovulação. Estas mudanças são produzidas com a finalidade de proporcionar um ambiente apto para que o óvulo fertilizado se aloje e assim ocorra o crescimento e desenvolvimento do embrião durante toda a gravidez.

Além disso, faz com que a secreção mucosa que normalmente ocupa o orifício do colo do útero se torne mais espessa, selando e evitando que o óvulo fecundado se perca pela vagina.

A progesterona também produz modificações fora do útero. Estas incluem um leve aumento da temperatura corporal e a estimulação das mamas para que aumente o número de glândulas capazes de produzir leite.

Estas mudanças ocorrem ciclicamente a cada período menstrual. Ou seja, cada 28 a 35 dias, de acordo com a duração do ciclo em cada mulher.

Função que este hormônio cumpre durante a gravidez

Quando o óvulo é fecundado passa para a cavidade uterina e se instala no endométrio. O embrião em formação produz um hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana (hCG) que estimula a maturação do corpo lúteo localizado no ovário, este produz a progesterona que mantém a gravidez durante o primeiro trimestre. Uma vez terminado este período a placenta se forma e produz a progesterona até o final da gestação.

Sob quais condições a progesterona é usada como tratamento médico

- Alterações da ovulação;

- Tratamentos para a fertilidade;

- Prevenção de abortos repetitivos por insuficiência do corpo lúteo;

- Complemento ao tratamento com estrógenos em mulheres menopáusicas que têm útero.

Imagem: Fotolia. reineg

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: