Frade - Conceito, o que é, Significado

Na religião católica, o frade é membro de uma comunidade ou família religiosa que fez votos de pobreza, castidade e obediência. O frade tem um modelo de vida de acordo com as normas de sua comunidade.

Em certas ocasiões, os termos frade e sacerdote se confundem

Neste sentido, ser frade não significa necessariamente ser um sacerdote, já que a vocação religiosa não precisa obrigatoriamente ser destinada ao sacerdócio. O sacerdote ou padre é quem recebe o sacramento da ordem sacerdotal e, portanto, pode celebrar o ofício da missa (o sacerdote pode ser parte de uma família religiosa ou então estar integrado em uma diocese).

Os termos monge e frade são similares, mas cada um está relacionado a um contexto histórico diferente. Os primeiros monges cristãos levaram uma vida retirada dedicada ao ascetismo, ou seja, à purificação do espírito através da renúncia aos bens materiais (com o passar do tempo alguns monges abandonaram a vida solitária e fundaram comunidades regidas por uma regra específica, por exemplo, a regra de São Benito). Os primeiros frades cristãos apareceram na Idade Média.

Os frades franciscanos, dominicanos, agostinianos ou carmelitas estão integrados em suas correspondentes ordens mendicantes

A ordem mendicante é na verdade uma ordem religiosa cuja principal regra é a pobreza como forma de vida (a palavra mendicante vem de mendigo, pessoa pobre que vive da caridade dos outros).

Os membros das mais diversas ordens vivem em comunidade e se consideram irmãos. Se a comunidade religiosa for masculina seus membros são frades e se for feminina são denominadas freiras.

As diversas ordens mendicantes, especialmente a dos dominicanos e franciscanos, surgiram no século VIII na tentativa de reformar a Igreja Católica para uma nova espiritualidade e um estilo de vida religioso mais humilde baseado no ideal da pobreza.

São Francisco de Assis, o arquetípico de frade na Idade Média

A ordem franciscana foi fundada por Francisco de Assis no início do século XIII. Este frade descendia de uma família abastada que se dedicava ao comércio de tecidos e em seus anos de juventude gostava de vestir-se com elegância e desfrutar dos bens materiais. Depois de receber o chamado de Deus, Francisco abandonou todas as suas riquezas e comodidades e se entregou por completo aos mais necessitados.

A proposta religiosa que defendia se baseava na vida humilde e nos ideais de pobreza dos Evangelhos. Com alguns seguidores fundou a ordem franciscana e posteriormente colaborou com Clara de Assis para que fundasse a ordem feminina das Clarissas. Em alguns anos, os frades franciscanos se expandiram por toda Itália, França e Espanha.

São Francisco de Assis denominou sua ordem com o termo "frades menores", pois desta maneira queria enfatizar a ideia de humildade entre os membros de sua comunidade.

Imagem: Fotolia. Emmanuele

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: