Conceito » Geografia » Eolionimia

Eolionimia - Conceito, o que é, Significado

O vocábulo eolionimia é formado pela combinação de dois termos, eolo e nimia. Como se sabe, Eolo era o deus dos ventos na mitologia grega. O sufixo nimia significa nome. Assim, a eolionimia é o conjunto de nomes utilizados para mencionar os diferentes tipos de ventos. Sua força traz informações relevantes aos navegadores, meteorologistas, agricultores e pilotos. Os sopros do Eolo são capazes de criar energia e, ao mesmo tempo, provocar uma destruição devastadora.

A importância do vento está muito presente na linguagem cotidiana

Na verdade, se as coisas não vão bem, dizemos que o vento está em nosso favor; já se as coisas vão mal temos que lutar contra o vento e contra maré.

O vento é um fenômeno da natureza que tem incomodado o ser humano desde os tempos mais antigos. A intensidade e a força de cada vento têm um significado e um significante diferente em cada território.

Os nomes dos ventos na Espanha, Argentina e Chile

Se focarmos na geografia espanhola, os ventos mais populares são: abrego, cierzo, galerna, levante, poniente, terral, tramontana, entre outros. Cada um tem sua particularidade, seja por sua origem, temperatura ou intensidade.

Na Argentina é famoso o vento frio e seco que ocorre em La Pampa, conhecido como pampero. O sudestada, o zonda, o norte, o cudo e o kóshkil também são ventos muito populares.

No Chile, o vento do leste é conhecido como puelche, uma palavra que vem da língua falada pelos mapuches. O puelche equivalente a zonda da Argentina ou o abrego da Espanha. No entanto, em cada território da geografia chilena o mesmo vento tem um nome diferente, como raco, terral ou puihua.

Fenômenos relacionados com o vento e a medição de sua intensidade

Além dos vários nomes que recebem cada vento, vale lembrar que este fenômeno tem outras denominações. Se sua força é baixa se fala de brisa, se é intenso de vendaval ou temporal e se vai acompanhada de fortes chuvas é chamado de furacão.

A medição exata da intensidade do vento é um fator de extrema importância para o estudo dos fenômenos meteorológicos. A escala Beaufort é a ferramenta científica que permite medir sua velocidade. Esta escala começou a ser utilizada na França no início do século XIX, pois até então não havia uma forma objetiva de avaliar a força do vento.

Imagem: Fotolia. Spectral

Relacionados:

  1. Vento Zonda
  2. Rosa dos Ventos
  3. Clima
  4. Efeito Coriolis
  5. Ar
  6. Energias Limpas
  7. Tempestade de Areia
  8. Duna
  9. Ciclogênese
  10. Energia Maremotriz