Digestão - Conceito, o que é, Significado

DigestaoA digestão é um processo em que certos órgãos processam o alimento ingerido de tal modo que é incorporado ao sangue e em seguida nutre as células. A digestão nos vertebrados começa a partir do momento em que os alimentos são introduzidos no estômago e combinam com os sucos gástricos. Logo após são novamente processados pelo intestino delgado que absorve os nutrientes necessários. Finalmente, o intestino grosso é responsável por eliminar os resíduos, isto é, aqueles elementos que o organismo considera desnecessários. Este processo é realizado também por outro tipo de organismos, como insetos, aracnídeos e demais variantes.

Nos seres humanos, a digestão começa pelo estômago, mas os alimentos são processados parcialmente pelo processo de mastigação e pela saliva. Na verdade, este processo serve de início para quando os alimentos se misturem com o suco gástrico. Eles são constituídos principalmente por um ácido que desmancha os alimentos de modo radical. No entanto, esta capacidade não afeta o organismo, de modo que este órgão tem uma capa protetora que serve de escudo. Se por acaso ocorre algum tipo de lesão nas paredes do suco gástrico, o mesmo poderia ser perfurado totalmente e haver complicações notórias na saúde dos pacientes. Entretanto, estes casos são resolvidos a tempo quando as dores aparecem e levam a uma consulta.

Após os alimentos receberem o tratamento dos ácidos gástricos por algumas horas, os mesmos passam a ser trabalhados no intestino delgado por sucos que segregam o pâncreas e o fígado. O intestino absorve todos os elementos que servem de nutrientes. Posteriormente continua este processo de absorção no intestino grosso. Os nutrientes passam pelo sangue e são transportados para que o organismo faça uso dos mesmos. Todos os resíduos são finalmente excretados.

A digestão é um fenômeno de grande importância para o desenvolvimento do organismo, onde qualquer tipo de transtorno associado pode ter circunstâncias negativas para a saúde das pessoas. Neste sentido, existem alguns transtornos de pouca consequência, mas que são igualmente prejudiciais e que exigem tratamento. Um deles, por exemplo, é a acidez estomacal excessiva, fenômeno indigesto que acontece especialmente na madrugada por causa da alteração no sono. Em todos estes casos, a primeira ação a ser tomada é cuidar dos alimentos ingeridos e de sua quantidade.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: