Conceito » Ciência » Corpos Fusiformes

Corpos Fusiformes - Conceito, o que é, Significado

Certos objetos e tecidos vivos têm uma forma única muito similar aos fusos antigos utilizados na fiação. A forma desses corpos é caracterizada por um aspecto alongado por onde a parte anterior e posterior são estreitas e a parte central mais larga. Os corpos com essa característica são chamados de fusiformes.

Entre eles, podemos destacar certos músculos, alguns projéteis, os submarinos, os aviões, o corpo de alguns animais aquáticos e das aves.

Esta forma tem uma função específica em cada caso

Algumas espécies aquáticas são fusiformes ou elipsoides como consequência de um longo processo evolutivo. Assim, o tubarão e o golfinho apresentam esta característica em sua morfologia porque desta maneira deslizam melhor pela água. Este fenômeno é típico da convergência evolutiva, ou seja, duas espécies diferentes evoluem de forma similar com o fim de adaptar-se melhor ao seu meio natural.

Os aviões e os submarinos são corpos fusiformes porque com este tipo de estrutura alcançam um deslocamento mais efetivo. No caso do avião, a forma do elipsoide é o que facilita o movimento do ar pela fuselagem. Os submarinos têm uma forma cilíndrica com o fim de evitar o atrito com a água. Tanto os aviões como os submarinos são corpos fusiformes por motivos aerodinâmicos.

Os músculos do corpo humano apresentam várias estruturas: plana, circular, em forma de leque, orbicular ou fusiforme. Neste último caso, trata-se de um tipo de músculo grosso em sua parte central e fino em suas extremidades. O bíceps de um braço é fusiforme e graças a ele são realizados movimentos de força intensos e voluntários.

O voo das aves está relacionado à sua morfologia

O corpo das aves é fusiforme em sua parte central. Sua morfologia está estruturada em quatro partes: cabeça, pescoço, tronco e cauda. Sua epiderme é formada por plumas e escamas nas patas. As asas das aves estão inseridas nas costelas porque a forma do fuso do seu corpo está projetada para voar de forma aerodinâmica. Esta mesma estrutura das aves é apresentada pelos aviões, uma vez que as asas estão inseridas na fuselagem.

As aves realizam três movimentos para voar, já que primeiro decolam, depois esvoaçam e finalmente planam. Na terminologia física, isto equivale ao impulso, à sustentação e ao efeito da gravidade. Para que tudo isso seja possível é necessário que a estrutura corporal das aves seja similar a de um fuso tradicional.

Imagem: Fotolia. Leonardo

Relacionados:

  1. Animais Terrestres e Aquáticos
  2. Fixismo
  3. Asteroidea (estrela-do-mar)
  4. Equilíbrio Térmico
  5. Biologia Evolutiva
  6. Escamas
  7. Ecossistema Aquático
  8. Espécie
  9. Filogenia
  10. Filogenética