Conceito » Política » BRICS

BRICS - Conceito, o que é, Significado

No ano de 2001, o economista britânico Jim O 'Neil cunhou uma sigla que rapidamente se tornou popular em todo o mundo: a BRICS. Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul são os cinco países mencionados. Estas nações não formam uma instituição como a União Europeia ou outras semelhantes, mas representam um bloco de países emergentes, que em seu conjunto constituem uma alternativa para a Europa e os Estados Unidos.

Na verdade, nos últimos anos, foi abordada a possibilidade de criar um banco dos BRICS para atender futuras crises financeiras. Em 2009, a Rússia realizou a primeira cúpula entre os cinco países representantes. Suas bases formam uma aliança estratégica similar a outras, como a UNASUL ou a própria União Europeia.

Que características são comuns nestes países?

Em primeiro lugar, são países que nos últimos anos aumentaram significativamente seu PIB. Em segundo lugar, todos eles têm uma população elevada. Em relação ao sistema monetário, os BRICS concordam com a necessidade de o dólar ter menos peso nas finanças internacionais. Por outro lado, apesar de seu aparente crescimento em termos econômicos, possuem desigualdades sociais notáveis e uma série de deficiências em matéria de direitos humanos e meio ambiente.

Certos analistas acreditam que o nome BRICS não corresponde à realidade geopolítica atual

O termo idealizado por Jim O 'Neil já faz parte da terminologia do mundo globalizado. No entanto, alguns especialistas falam sobre os BRICS como um novo eixo totalmente inadequado. Neste sentido, outros países também poderiam fazer parte do mesmo (por exemplo, Indonésia, México e Turquia têm características semelhantes e não fazem parte do BRICS). Paralelamente, as nações que a compõem apresentam realidades bem diferentes (por exemplo, China e Rússia têm uma tradição comunista em sua história recente, mas Brasil, Índia e África do Sul não).

Os países que forma o BRICS representam um poder emergente no panorama mundial

Seus líderes compartilham objetivos políticos e econômicos e criam mecanismos de cooperação. Foram realizadas aspirações de paz e cooperação na ordem mundial. No entanto, a partir de outras perspectivas, entende-se que esses países formam um bloco antiocidental, cujo principal objetivo é substituir o dólar como moeda internacional.

Imagem: Fotolia. nerthuz

Relacionados:

  1. Mundo Multipolar e Bipolar
  2. União Europeia
  3. Zona Euro
  4. Organização Intergovernamental (OI)
  5. Grupo dos 77
  6. Plano Marshall
  7. BREXIT
  8. ALADI
  9. Supranacionalidade
  10. Aliança do Pacífico