BREXIT - Conceito, o que é, Significado

O termo Brexit é um acrônimo inglês que combina duas palavras, Britain para referir-se a Grã Bretanha, e Exit que quer dizer saída. Desta maneira, esta união de palavras forma o vocábulo BREXIT, que se refere à saída da Grã Bretanha da União Europeia.

No dia 23 de junho de 2016, os cidadãos britânicos foram convocados em plebiscito para decidir se queriam seguir fazendo parte da União Europeia ou se, ao contrário, optariam por abandoná-la. Após a jornada de votação, os britânicos decidiram abandonar a União Europeia (a vitória do Não teve 51,9%).

O debate político e social a favor e contra ao BREXIT antes do plebiscito

A Grã Bretanha fazia parte da União Europeia durante mais de quatro décadas. Entretanto, sua situação apresentava algumas peculiaridades: mantinham a libra como moeda e não incorporam o euro, além disso, havia uma parte da sociedade que não valorizava positivamente o fato de pertencer à União Europeia.

São vários os motivos que alegavam e alegam os euroescéticos para desvincular-se do quadro europeu:

1) Um retrocesso da soberania nacional dos britânicos a favor da Europa e um sentimento antieuropeu em alguns setores da sociedade;

2) Rejeição das políticas europeias de imigração;

3) Fragilidade do estado de bem-estar como consequência do elevado número da população imigrante que precisa ser atendida.

Os partidários de seguir na Europa tinham e têm seus argumentos:

1) A Grã Bretanha é mais forte dentro da Europa que fora;

2) Sair do quadro europeu pode causar instabilidade econômica e financeira;

3) A União Europeia é o principal sociocomercial dos britânicos e sair da Europa significa mudar de status com consequências imprevisíveis.

Consequências após o plebiscito

O resultado da votação não significa que imediatamente a Grã Bretanha vai deixar a UE, pois durante dois anos deve negociar as condições específicas da sua desconexão. No entanto, analistas indicam que os efeitos podem ser os seguintes: declínio no PIB da Grã-Bretanha; desvalorização da libra (que já ocorreu); uma sociedade civil dividida; um efeito de possível contágio em outros países europeus (um exemplo deste fato já ocorreu entre os escoceses, que reivindicaram um segundo referendo, pois a maioria decidiu sobre a permanência).

Todas estas consequências criam um quadro de incerteza entre os britânicos e toda a Europa. As autênticas e definitivas repercussões do BREXIT se tornarão evidentes nos próximos anos.

Imagem: Fotolia. anammarques

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: