Conceito » Cultura » Assistência Social

Assistência Social - Conceito, o que é, Significado

A assistência social é uma área que combina dois aspectos: a saúde e as necessidades sociais. Mais particularmente, ela trata dos grupos que apresentam necessidades especiais, sejam elas físicas, psíquicas, sensoriais ou sociais.

O objetivo da assistência social é melhorar a qualidade de vida dos grupos especialmente vulneráveis, como idosos, a população prisional, os deficientes, os doentes crônicos ou doentes mentais.

Em outras palavras, trata-se de atender qualquer pessoa que esteja numa situação de dependência para melhorar seu bem-estar integral.

Formação em Assistência Social

Este tipo de estudo faz parte da formação profissional. Os alunos são preparados para desenvolver tarefas profissionais como: cuidador de idosos, cuidador de pessoas com deficiências físicas, mentais ou sensoriais, atendimento domiciliar ou em instituições sociais.

Em relação ao curso são estudadas várias matérias, tais como apoio psicossocial, assistência médica, higiene e intervenção educacional. Os estudantes que se preparam nesta área precisam fazer um estágio em alguma instituição de saúde ou de esfera social.

O dia a dia do assistente social que atende pessoas com deficiência física

Os profissionais que atendem este grupo precisam executar tarefas específicas. Entre elas, podemos destacar as seguintes:

- Deslocam as pessoas portadoras de cadeira de rodas para outro assento.

- Realizam mudanças posturais para prevenir úlceras.

- Estimulam a prática de exercícios físicos.

- Ajudam na inserção de trabalho para facilitar a integração social do indivíduo.

- Promover atividades dirigidas à autonomia pessoal em todo tipo de situação.

Enfim, a assistência social atende este grupo com o seguinte propósito: atender suas necessidades físicas, melhorar a autonomia pessoal e garantir a integração na sociedade.

Assistência social nas prisões

Do ponto de vista estritamente sanitário, os profissionais que se dedicam a este setor realizam todo tipo de atividade com a população carcerária: curam os doentes e ajudam a prevenir as doenças, promovem a higiene, cuidam das pessoas deficientes ou que apresentam algum tipo de problema psíquico.

No campo social realizam todo tipo de ação, tais como: facilitam a entrada do interno na prisão, dão uma atenção especial às mães dos prisioneiros, facilitam a convivência entre os reclusos, atendem as famílias, etc. Estas tarefas são executadas em conjunto com outros profissionais que se dedicam à área social, como educadores, entre outros.

Imagem: Fotolia. macrovector

Relacionados:

  1. Trabalho Social
  2. Médicos Sem Fronteiras
  3. Hospital Universitário
  4. Pedagogia Social
  5. Atenção Primária
  6. CEPAL
  7. BID
  8. Educação Especial
  9. Reforço Escolar
  10. Dependência