Telúrico - Conceito, o que é, Significado

O termo telúrico provém do latim tellus e significa terra. Em relação ao seu uso, pode referir-se tanto aos movimentos internos da terra como a um estilo literário, o telurismo.

Movimentos telúricos

A geologia estuda os movimentos internos da Terra. O interior do nosso planeta apresenta três camadas concêntricas: o núcleo, o manto e a crosta terrestre. A última camada está formada por grandes estruturas que se deslocam em várias direções e intensidades, esta circunstância origina diferentes movimentos e choques. Alguns destes movimentos ou sismos são muito destrutivos e também são conhecidos como terremotos.

Os movimentos internos da Terra ou movimentos telúricos são extremamente lentos em situação normal (2,5 cm ao ano), portanto, são imperceptíveis. No entanto, quando as placas tectônicas se movem em direção oposta produzem tremores ou terremotos de certa intensidade.

Os sismologistas começaram a estudar os movimentos telúricos a partir dos efeitos observáveis e da intensidade dos tremores. Com o passar do tempo, o foco passou a ser os processos geológicos internos. De qualquer forma, um terremoto ou sismo é resultado da energia liberada no interior da Terra.

Na criação literária

Algumas obras literárias são consideradas telúricas e por este motivo se fala do telurismo narrativo. O fator telúrico pode ser entendido como o efeito de um terreno e territorial a partir da descrição da atmosfera narrativa.

A literatura latino-americana tem uma dimensão telúrica evidente. Neste sentido, muitos romances e contos descrevem as forças internas da natureza como um elemento que determina o temperamento dos indivíduos. Assim, a selva tropical ou os pampas têm sua própria energia interna e essa força acaba filtrando-se misteriosamente nas relações humanas.

Na primeira metade do século XX surgiu na América Latina um movimento literário conhecido como romance telúrico. Esta tendência tem várias características:

1) o interesse pelos espaços rurais e pela paisagem urbana;

2) os temas sociais;

3) a relação entre o indivíduo e a sociedade que o rodeia.

O venezuelano Rômulo Gallegos, o argentino Ricardo Güiraldes e o colombiano José Eustasio Rivera são alguns dos representantes mais importantes do romance telúrico, uma corrente considerada como precursora do realismo mágico.

Imagem: Fotolia. Login

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: