Conceito » Ciência » Rocha Ígnea

Rocha Ígnea - Conceito, o que é, Significado

No campo da geologia não se emprega a palavra pedra, desta maneira se utilizam outros dois termos: rocha ou mineral. As rochas são formadas após um processo geológico e estão formadas por um ou vários minerais. Os minerais são compostos por elementos químicos.

As massas rochosas que revestem a superfície do planeta estão formadas por um ou mais minerais. As rochas são divididas em três grupos segundo sua origem: sedimentares, metamórficas e ígneas.

Formação, tipos e textura

As rochas ígneas constituem 90% da crosta terrestre e estão formadas por minerais que pertencem ao grupo dos silicatos (este grupo está dividido em ferromagnesianos e não-ferromagnesianos, o que indica que a rocha contém ferro ou não). A palavra ígnea é usada em sua descrição porque este vocábulo significa fogo em grego.

As rochas ígneas são aquelas que se formam após o processo de resfriamento do magma. Assim, o magma proveniente da atividade vulcânica atinge a superfície terrestre e finalmente se solidifica. Estas rochas são subdivididas em dois grupos diferenciados: plutônicas e vulcânicas ou extrusivas. As primeiras são formadas a partir de um processo de resfriamento lento do magma proveniente do interior da crosta terrestre (neste grupo se destacam o granito, o diorito e o peridotito). As vulcânicas são formadas a partir de um processo de resfriamento rápido que ocorre na superfície (entre elas estão o riólito, o basalto e o dacito).

Quando o magma se solidifica são criados cristais de grande tamanho. Neste sentido, quanto mais lento o processo de resfriamento, maior o tamanho da rocha ígnea. Caso o resfriamento seja rápido, forma-se vidro em vez de cristal.

O granito é a rocha ígnea mais conhecida

O granito foi formado durante os últimos 300 milhões de anos e é a consequência direta do processo de resfriamento do magma. Esta circunstância faz com que o granito apresente cristais de grande tamanho e que são observáveis a olho nu. Esta rocha pode ser encontrada na superfície terrestre devido à erosão ocorrida nos últimos 100 milhões de anos.

Das minas são extraídas grandes blocos, dos quais são processados em peças de tamanho mais reduzido. Os cristais que há em seu interior são distribuídos de maneira uniforme.

Seu acabamento final é realizado através de um processo de polimento que permite remover a porosidade da rocha originária. Este tipo de rocha ígnea tem sido e é altamente valorizada como material de construção, tanto para o interior como para o exterior das edificações. É um material elegante e atrativo e especialmente valorizado porque não necessita de manutenção especial.

Imagens Fotolia. Zoeydsngwrtr - Andrew Horberry

Relacionados:

  1. Mineração a Céu Aberto
  2. Manancial
  3. Ametista
  4. Água Subterrânea
  5. Planalto
  6. Pirita
  7. Fotossíntese
  8. Arte Rupestre
  9. Halógeno
  10. Boro