Conceito » Geografia » Rio Eufrates

Rio Eufrates - Conceito, o que é, Significado

Alguns rios do planeta têm desempenhado um papel protagonista na história da humanidade. Não seria possível entender a civilização do Egito Antigo sem levar em conta o Nilo. As culturas indígenas da bacia amazônica adquiriram sentido quando conheceram a complexa estrutura do leito do rio Amazonas. As cidades de Londres e Paris também não se separaram do Tamisa e do Sena.

O rio Eufrates teve um papel determinante no florescimento da civilização mesopotâmica

A palavra Mesopotâmia significa precisamente entre dois rios. Assim, as áreas não desérticas do Iraque, Síria e Turquia foram durante a antiguidade o berço da civilização da mesopotâmica. Os dois rios que determinaram a história destes territórios foram o Tigre e o Eufrates. Os habitantes procedentes da Mesopotâmia foram os sumérios, que se instalaram junto aos dois rios.

Nas duas bacias fluviais, as condições eram adequadas para que os sumérios desenvolvessem uma agricultura avançada. Da mesma forma, considera-se que os sumérios foram os inventores de três grandes avanços: a escrita, a roda e os tijolos de adobe.

Dados de interesse

A relação entre os rios Tigre e Eufrates não é apenas de caráter histórico, uma vez que ambos estão unidos pelo rio Shatt al-Arab, que desemboca nas águas do Golfo Pérsico.

O rio Eufrates mede 2780 quilômetros desde o seu nascimento na Turquia até sua desembocadura no Iraque. Seus principais afluentes são o Karasu e o Murat Nehri.

Sua bacia hidrográfica tem cerca de 500.000 quilômetros quadrados, de modo que suas águas percorrem um total de cinco países: Turquia, Síria, Iraque, Kuwait e Arábia Saudita.

A bacia do rio é o habitat natural de inúmeras espécies de animais, como a tartaruga de casco mole, as carpas, o rouxinol dos caniços do iraque e o cormorão pigmeu.

As águas do rio continuam sendo um pilar fundamental para alguns povos do Oriente Médio. Neste sentido, as terras férteis que o cercam fornecem trigo e cevada. Por outro lado, a água da bacia do Eufrates permite a geração de energia hidrelétrica e facilita a água potável.

Na antiguidade, o transbordamento dos rios Eufrates e Tigre era controlado por barragens e canais que formavam uma importante rede de irrigação para a agricultura

Apesar do seu valor estratégico, existe um problema de contaminação da água provocado por descargas industriais.

O território situado entre o Tigre e o Eufrates é a localização do paraíso terrestre descrito na Bíblia.

Nos últimos anos, o Eufrates está perdendo suas reservas de água doce como consequência das secas prolongadas. Para alguns estudiosos das Escrituras Sagradas, este acontecimento está descrito em uma das mais antigas profecias bíblicas (na Apocalipse 16:12, afirma-se que um anjo provocaria a seca do rio).

Imagem: Fotolia. pavalena

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: