Rede Social - Conceito, o que é, Significado

Rede-Social

O termo rede social é uma aplicação da web cuja finalidade é relacionar as pessoas. Assim, as pessoas que integram uma rede social podem conectar-se entre si e criar vínculos. Elas permitem a criação de um perfil com limitações em sua acessibilidade que pode ser compartilhado ou não com quem solicite. As redes sociais tem mostrado um grande desenvolvimento nos últimos cinco anos, somando cada vez mais usuários e gerando constantemente serviços tangenciais que as tornam uma fonte de valor social como econômico.

As redes sociais modernas surgiram no início do milênio. Assim, começaram a desenvolver-se exemplos como MySpace, Linkedin, Facebook, Hi5 e Netlog. No ano de 2006 surgiu o twitter e nesta mesma época o Facebook se tornou um fenômeno e que teve ofertas multimilionárias para sua aquisição. Desde então, o fenômeno das redes sócias se torna cada vez mais massivo e o Google decide integrar o desafio do Google+; esta plataforma consegue integrar diversos serviços que vão desde e-mail, chat, sites de hospedagem de arquivos, etc.

O rendimento econômico de um projeto deste tipo costuma estar vinculado à venda de publicidade. Assim, por exemplo, o Facebook permite desenvolver campanhas publicitárias com segmentações por idade, área geográfica, etc. Este recurso permite grande versatilidade na hora de promover produtos ou serviços.

Na atualidade, as redes sociais apresentam uma série de perigos que são importantes destacar. Em primeiro lugar, podemos mencionar a falta de privacidade. Assim, uma grande quantidade de dados pessoais é carregada em um banco de dados de uma empresa privada. Neste sentido, atualmente há um escândalo vinculado à Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos com o pagamento de enormes cifras de dinheiro a diversas empresas da internet em troca de informação sobre os usuários. Entre estas empresas estava o Facebook, que negou haver recebido dinheiro em troca de dados pessoais.

Nos últimos anos o uso das redes sociais também teve repercussão por servir como meio de convocatória a diversas manifestações públicas. O movimento dos indignados na Espanha, os protestos no Brasil, as manifestações no Egito que acabaram com o governo de Hosni Mubarak são mostras categóricas que a população mundial se apropriou destas ferramentas e foram mais longe do que sonhavam. Na verdade, constitui uma grande demanda econômica social e política que envolve elementos de mobilização.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: