Conceito » Saúde » Priapismo

Priapismo - Conceito, o que é, Significado

O priapismo é uma doença que afeta exclusivamente o gênero masculino, pois consiste no prolongamento da ereção do pênis acompanhada de intensa dor. Isso ocorre independentemente do desejo sexual e normalmente essa ereção não dura mais de quatro horas.

Nem todos os casos de priapismo são iguais, neste sentido, os especialistas do aparelho genital masculino (os urologistas) distinguem dois tipos:

1) o priapismo venoclusivo: neste caso ocorre uma obstrução da drenagem venosa dos corpos cavernosos, ou seja, do tecido erétil do pênis. Assim sendo, a origem da ereção provém da ingestão de drogas vasoativas utilizadas como tratamento contra a ereção erétil, pelo uso de certas drogas empregadas como tratamento psiquiátrico ou então pelo consumo de drogas como a cocaína e heroína;

2) o priapismo arterial: este é menos comum e é causada por um traumatismo no pênis; isso provoca uma lesão na artéria cavernosa acompanhada de sangue nos corpos cavernosos.

De qualquer forma, dano que ocorre no pênis pode se tornar irreversível se a ereção durar mais de quatro horas, por isso é aconselhável consultar um especialista imediatamente.

Diagnóstico e tratamento

Para ter um diagnóstico preciso é necessário realizar uma série de perguntas relacionadas ao consumo de medicamentos, a intensidade da dor e o histórico familiar do paciente. Às vezes, pode ser conveniente tirar sangue do pênis para verificar qual o tipo de priapismo.

Com o propósito de evitar uma possível disfunção erétil, é recomendável iniciar o tratamento o mais rápido possível, aspirando sangue do pênis para voltar ao seu estado normal ou injetando algum tipo de droga para atuar sobre a drenagem sanguínea do pênis. Mas se estes tratamentos não forem eficientes, existe a possibilidade de cirurgia para drenar o sangue do pênis para outro sistema de drenagem.

Origem do termo

Muitos dos termos empregados na medicina provem da mitologia grega e romana

Isto acontece com a palavra priapismo, que vem de Priapos, uma deusa adorada pelos antigos gregos e romanos, assim como por tratar-se do Deus da fertilidade e símbolo do instinto sexual.

Para os romanos, Priapos era filho ilegítimo de Zeus e Afrodite e foi punido por ter seu pênis sempre em ereção, isso porque Hera (a verdadeira esposa e ao mesmo tempo irmã de Zeus) era ciumenta e decidiu punir Zeus através do seu filho Priapos.

A representação de Priapos é a de um homem barbudo com um membro de grande tamanho. No entanto, sua imagem é bastante ridícula, pois apesar do tamanho do seu pênis é um homem impotente.

Imagem: Fotolia. auremar

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: